Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Institucional > Ouvidoria > Conselho de Usuários
conteúdo

Conselho de Usuários

por Jhonathan Pino publicado 26/05/2021 14h25, última modificação 26/05/2021 14h43

Imagem Conselho de Usuários

Os Conselhos de Usuários de Serviços públicos são uma nova forma de participação direta da sociedade na avaliação e melhoria dos serviços públicos, que irá conectar os usuários aos gestores responsáveis pelo serviço.

O funcionamento dos conselhos de usuários é totalmente virtual e qualquer cidadão interessado pode se inscrever para participar na avaliação de serviços públicos.

O Conselho de Usuários de um Serviço Público é o conjunto de voluntários que se inscreveram na Plataforma virtual do Conselho de Usuários de Serviços Públicos. Uma pessoa pode voluntariar-se para auxiliar na melhoria de quantos serviços julgar conveniente, em um ou mais órgãos.

Os conselheiros auxiliarão na melhoria dos serviços prestados de duas formas principais: (i) na resposta a consultas formuladas pelo gestor do serviço e pela ouvidoria e (ii) na proposição de ideias para melhorar os serviços, as quais poderão ser comentadas e apoiadas pelos demais conselheiros.

Periodicamente, o órgão prestador de serviços deverá enviar consultas acerca dos serviços públicos por ele prestados, por meio de enquetes eletrônicas desenvolvidas e geridas na da plataforma virtual do Conselho de Usuários de Serviços Públicos. O resultado destas enquetes deverá servir de subsídio para a formulação, avaliação e reformulação de serviços públicos.

Além disso, a qualquer momento, os conselheiros poderão inserir ideias de aprimoramento de serviços públicos no Fórum de Melhorias de Serviços Públicos, espaço aberto para a exposição de propostas que busquem tornar estes serviços cada vez mais adequados a realidade dos seus usuários.

Os serviços do Ifal que são passíveis de avaliação são os seguintes:

➡️ Inscrever-se em Cursos de Extensão – IFAL;

➡️ Inscrever-se em Eventos de Extensão – IFAL;

➡️ Efetuar a matrícula inicial em curso de Educação a Distância – IFAL;

➡️ Efetuar matrícula inicial em cursos de Graduação (Licenciatura, Tecnologia e Bacharelado) – IFAL;

➡️ Efetuar matrícula em cursos Técnicos (Educação de Jovens e Adultos, Integrado e Subsequente) – IFAL;

➡️ Obter 2ª via de diploma – IFAL;

➡️ Participar de processo seletivo para curso de Educação Profissional Técnica (Educação de Jovens e Adultos, Integrado e Subsequente) – IFAL;

➡️ Participar de processo seletivo para curso de Educação à Distância – IFAL;

➡️ Participar de processo seletivo para curso de Educação Superior de Graduação (Licenciatura, Tecnologia e Bacharelado) – IFAL;

➡️ Participar de processo seletivo para cursos de pós-graduação - IFAL.

 

Passo a passo para se cadastrar na Plataforma do Conselho de Usuários de Serviços Públicos:

O passo a passo foi criado pela Ouvidoria do Ifal para ajudar aos usuários a se cadastrarem na Plataforma do Conselho de Usuários de Serviços Públicos.

Para acessar a plataforma com tranquilidade, você precisa ter um cadastro Gov.br, que é o cadastro único para serviços prestados pelo Governo Federal, e, além dele, um perfil Fala.BR, que é o sistema integrado de Ouvidoria e Acesso à Informação.

A Controladoria-Geral da União está se esforçando para que isso não seja mais necessário, mas até lá você pode criar esses acessos nas páginas a seguir:

https://www.gov.br/pt-br

http://falabr.cgu.gov.br

Depois de criar esses usuários, você vai acessar a Plataforma do Conselho de Usuários no seguinte endereço:

http://conselhodeusuarios.cgu.gov.br

Tudo isso pode ser conferido no Passo a passo. Confira o documento clicando aqui

 

Guia do Conselheiro:

Este manual foi preparado para explicar como funcionam os Conselhos de Usuários de Serviços Públicos e como você pode participar por meio da plataforma virtual.

Quantas vezes você já buscou um serviço público e pensou: “poxa, esse serviço poderia ser tão melhor se fizessem de outra forma!”.

Pois agora, por meio dos conselhos de usuários, a sua opinião pode chegar diretamente aos ouvidos das pessoas responsáveis por formular e executar esses serviços.

Sua opinião é, sim, fundamental para ajudar a sua comunidade e todos os demais usuários de serviços públicos a contarem com serviços cada vez mais ágeis, melhores e adequados às expectativas da população.

Para acessar o guia, clique aqui