Você está aqui: Página Inicial > Campus > Satuba > Notícias > Ifal Satuba realiza sua primeira colação de grau virtual
conteúdo

Notícias

Ifal Satuba realiza sua primeira colação de grau virtual

Glória Estefanine formou-se no Curso Superior de Tecnologia de Laticínios
por Pedro Barros publicado: 03/07/2020 10h25, última modificação: 03/07/2020 16h10
Exibir carrossel de imagens Mesmo a distância, colação seguiu protocolo e teve direito ao tradicional gesto com o capelo

Mesmo a distância, colação seguiu protocolo e teve direito ao tradicional gesto com o capelo

Na tarde da última quarta-feira (01), o Instituto Federal de Alagoas (Ifal) - Campus Satuba realizou sua primeira colação de grau a distância, conferindo o nível de tecnóloga em Laticínios à alagoana Glória Estefanine Gracindo da Silva. 

A cerimônia foi presidida pelo diretor-geral do Campus, Valdemir Chaves, e contou com a presença da Diretora de Ensino, Morganna Morais; do Coordenador do Curso Superior de Tecnologia em Laticínios, Roberto Teixeira; do Coordenador de Registro Acadêmico, Ademilson Galdino; e do Coordenador de Comunicação e Eventos, Pedro Barros. 

Também participaram da solenidade a mãe e a tia de Glória, Maria Eleni e Maria José Gracindo, colegas do curso e a representante do Centro Acadêmico Tecnologia em Laticínios, Ana Géssica Vieira.

"Nesse momento de distanciamentos, eu pude me sentir abraçada pela instituição. Ouvir palavras de admiração de quem dedicou horas a te ensinar é surreal. Sensação de dever cumprido."

Assim que apresentou seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), Glória conseguiu um emprego na área de laticínios no município de Taquarana, onde reside há 8 meses. Faltava pouco para concluir o curso. “Nesse momento de distanciamentos, eu pude me sentir abraçada pela instituição. Ouvir palavras de admiração de quem dedicou horas a te ensinar é surreal. Sensação de dever cumprido”, contou.

Para o diretor-geral do Campus, Valdemir Chaves, são momentos como esse que dão significado ao trabalho e esforço dos servidores, docentes e técnicos, mesmo diante dos desafios atuais. “Quando um aluno nos conta que se formou e está trabalhando, é a maior emoção! É justamente para isso que a gente trabalha e vocês, alunos, estudam tanto: para que vocês conquistem uma boa colocação no mercado de trabalho e possam fazer a diferença, tanto na sua atividade profissional, quanto na sociedade”, afirmou o gestor.

Valdemir ressaltou ainda que, embora as atividades acadêmicas tenham sido suspensas devido à pandemia do novo coronavírus, várias outras atividades do Ifal estão acontecendo. O diretor destacou, entre elas, as iniciativas de capacitação dos servidores e de adaptação dos processos administrativos, seja no que se refere às novas tecnologias, seja em relação ao cenário de emergência. “Só sabe o volume de demandas e desafios que estamos enfrentando quem realmente está passando por isso. Em nome de todos os servidores do Ifal, quero deixar registrado o quanto nosso trabalho faz a diferença. Todo mundo está se adaptando a essa nova realidade para atender a sociedade. Estamos buscando aprimoramento a cada dia”, explicou.