Você está aqui: Página Inicial > Campus > Penedo > Notícias > Redução de despesas permite redirecionar recursos orçamentários do Ifal Penedo
conteúdo

Notícias

Redução de despesas permite redirecionar recursos orçamentários do Ifal Penedo

Suspensão de atividades presenciais colaborou para redução do uso da verba de custeio.
por Lidiane Neves publicado: 05/06/2020 21h07, última modificação: 08/06/2020 07h47

Com as atividades presenciais do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) suspensas desde meados de março, em função da pandemia do novo coronavírus, o Campus Penedo fez ajustes em seu orçamento e pretende redirecionar os recursos financeiros não utilizados em determinadas despesas. O assunto pautou uma reunião ocorrida na quinta-feira, 4, por webconferência, entre a equipe gestora e servidores da unidade de ensino.

De acordo com o diretor-geral do Ifal Penedo, Felipe Thiago de Souza, desde o final do ano passado que o campus vem identificando a redução de gastos e a possibilidade de redirecionamento dos recursos economizados. “Essa economia se deu a partir do contingenciamento que sofremos em 2019 e que fez com que reorganizássemos o orçamento no sentido de reduzir alguns gastos. Como posteriormente, já no final do ano, houve o desbloqueio dos recursos, conseguimos aplicar a verba em despesas de 2020”, explicou.

No levantamento realizado e apresentado durante a reunião, somando-se a economia do ano anterior e a verificada até maio deste ano, os ajustes no orçamento de 2020 resultaram em um saldo de R$ 136 mil. “Como se trata de valores referentes a despesas de custeio, o esforço feito junto à reitoria foi no sentido de converter esse crédito em despesas de capital, para que possamos investir na compra de novos materiais e equipamentos”, explicou Felipe Thiago, acrescentando que o trabalho envolveu as chefias do Departamento de Administração e das coordenações de Contabilidade, de Suprimentos e de Infraestrutura, Manutenção e Transporte.

Conforme ressaltou o diretor-geral, a decisão de como utilizar esse dinheiro será coletiva, envolvendo todos os servidores do Campus Penedo. Ao mostrar o orçamento da unidade de ensino, ele detalhou todas as despesas reajustadas, já apresentando uma proposta de utilização de parte dos recursos economizados. Estão entre os valores reduzidos, gastos previstos com combustível para veículos, contratação de postos de trabalho terceirizados, energia elétrica, diárias e passagens para deslocamento de servidores.

 No que se refere às despesas com bolsas de monitoria e ajuda de custo para participação de alunos em eventos e visitas técnicas, houve também uma reorganização e o valor economizado, cerca de 30 mil, vai todo para a Assistência Estudantil, como um aporte para pagamento dos auxílios aos discentes cadastrados pelo Serviço Social.

Do saldo mencionado de 136 mil reais, a gestão propôs reservar 50 mil para a compra de equipamentos de jardinagem, um novo motor para o portão principal de acesso ao campus, equipamentos de Tecnologia da Informação (TI), como nobreaks, suítes e notebooks, e material para identificação dos espaços físicos, que atenderia a um projeto de comunicação visual inclusiva.

“Quanto aos R$ 86 mil restantes, propomos que o valor seja igualmente dividido entre as coordenações de Formação Geral e dos cursos técnicos em Açúcar e Álcool, Meio Ambiente e Química”, disse Felipe Thiago. Na reunião, os servidores se manifestaram identificando suas demandas a partir da área em que atuam. Houve também sugestões de utilização dos recursos para ações que deem suporte à atuação do Ifal Penedo a partir da retomada do calendário acadêmico, como a aquisição de equipamentos de áudio e vídeo para atividades de educação a distância.

O próximo passo será receber das coordenações citadas a oficialização de como cada uma vai aplicar o recurso disponível. “Como a decisão deverá ser coletiva, orientamos que cada coordenação se reúna com seus pares, os colegiados de curso, para definir e entregar ao Departamento Administrativo a relação dos materiais e equipamentos a serem adquiridos”, informou o diretor-geral.

 Dados sobre o orçamento 

Para 2020, o orçamento atual do Ifal Penedo é de R$ 1.895.238,37. Desse valor, quase 57% correspondem às obrigações com contratos continuados de serviços, entre as quais estão incluídas as despesas com trabalhadores terceirizados. “Outros 41% é o que a gente chama de orçamento participativo, ou seja, é a parte em que a comunidade do campus pode planejar e decidir coletivamente onde e quanto aplicar”, esclareceu Felipe Thiago. Os 2% que completam o orçamento são igualmente divididos e destinados ao Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas (Napne) e Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (Neabi), conforme estabelecem as resoluções do Conselho Superior do Ifal que instituem e regulamentam os dois setores.