Você está aqui: Página Inicial > Campus > Marechal Deodoro > Notícias > Pesquisas do Ifal integram obra voltada aos desafios do Rio São Francisco diante das mudanças climáticas
conteúdo

Notícias

Pesquisas do Ifal integram obra voltada aos desafios do Rio São Francisco diante das mudanças climáticas

O professor Stoécio Malta é um dos organizadores do livro

por Jhonathan Pino publicado: 28/07/2022 13h35, última modificação: 29/07/2022 11h21

O Instituto Federal de Alagoas (Ifal) é uma das instituições realizadoras do livro “Nexus clima, recursos hídricos, agricultura e energia na bacia estendida do Rio São Francisco”. A obra traz cinco capítulos do professor do Campus Marechal Deodoro, Stoécio Maia, com contribuições na área de agricultura.

A obra faz parte do Projeto Integrativo Segurança Hídrica, Alimentar e Energética (PI-SHAE),que busca avaliar soluções sustentáveis, para promover uma produção agrícola integrada à manutenção e bom uso dos recursos hídricos e à geração de energia, diante dos cenários de aquecimento global e mudanças climáticas no Brasil. Ela foi baseada numa numa metodologia chamada Nexus, que integra os componentes água, agricultura e energia na Bacia do Rio São Francisco voltado à questão do aquecimento global e das mudanças climáticas.

Minha contribuição foi justamente no componente agricultura, para tal, fizemos estimativas de produção da pecuária e agricultura diante de diferentes cenários de mudanças do clima, foi feito também as estimativas das emissões de gases do efeito estufa (GEE) proveniente da pecuária (presente e futuro), em outro capítulo procuramos avaliar alternativas de mitigação de emissões de GEE, outro avaliamos as mudanças nos estoques de carbono do solo, e por fim, foi avaliado as perdas agrícolas e a associação disto com eventos climáticos extremos (neste caso, as secas)”, detalhou Stoécio.

Além do Ifal, fazem parte da Rede Brasileira de Pesquisas sobre Mudanças Climáticas Globais (Rede Clima), responsável pela construção do projeto, a Universidade Federal do Ceará (UFC), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), e a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

Confira a obra!