Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Neabi Palmeira dos Índios lança a programação do Negritude em Foco 2019

Notícias

Neabi Palmeira dos Índios lança a programação do Negritude em Foco 2019

Em breve serão abertas as inscrições para oficinas e minicursos

por Monique de Sá publicado: 08/11/2019 12h24 última modificação: 08/11/2019 18h19

Faltam exatamente duas semanas para o Negritude em Foco, evento consolidado no calendário acadêmico do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), campus Palmeira dos Índios, voltado para discussão das questões afro-brasileiras, cultura e protagonismo negro. Este ano, o Negritude está sendo realizado pelo Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (Neabi), que conta com 19 docentes do Ifal Palmeira.

Conhecido por sua diversidade de ações, opiniões e pessoas, o Negritude deste ano terá uma programação vasta com início em 22/11, com uma mesa-redonda, o projeto Papo Enrolado, Desfile de Beleza Negra, minicursos e oficinas. No sábado, 23, haverá a inauguração do espaço onde funcionará o Neabi no campus e, após, um Cine Debate do documentário: “A última abolição”, de Alice Gomes.

Negritude 2018Em sua 3ª edição, o evento foi idealizado em 2017 a partir de uma inquietação do corpo docente do campus e hoje é fortalecido pela adesão não só de professores, mas dos estudantes e dos técnicos. Segundo a professora Edneide Leite, membro do Neabi, o Negritude passou a trazer mudanças nos olhares dos alunos sobre a questão da identidade e do ser negro.

Em uma das perguntas que fizemos para seleção de monitores do Negritude, questionamos qual a importância de um evento desta natureza e vimos que eles passaram a ter um outro olhar sobre a causa e perceber que casos de preconceito existem e são cotidianos, seja no espaço micro ou macrossocial”, relata a docente.

De acordo com Fernando Nascimento, vice-coordenador do Núcleo, este ano, a mesa-redonda não terá um tema em específico, mas a ideia é que através dos palestrantes, Clébio Araújo (professor) e Ângela Maria Nascimento (assistente social), sejam trazidas conquistas oriundas do movimento negro. “Em relação a direitos adquiridos, por exemplo, como as cotas, para que o aluno possa aprofundar seu conhecimento neste quesito e fazendo com que a discussão sobre o tema não seja rasa”, ressalta Fernando.

O Neabi foi implantado no Ifal em dezembro de 2018, após aprovação em uma reunião do Conselho Superior (Consup). O principal objetivo do Núcleo é constituir em cada campus um setor propositivo e consultivo que estimule e promova ações de Ensino, Pesquisa e Extensão orientadas à temática das identidades e relações étnico-raciais, em especial, quanto às populações afro-brasileiras e indígenas.

O principal desafio hoje de fazer parte do Neabi é incorporar o trabalho na perspectiva de ser um núcleo de pesquisas e firmar ações como o Negritude”, diz Edneide. Fernando acrescenta que outro desafio é a estruturação do próprio Núcleo. “Por enquanto temos como membros apenas professores, mas a ideia é envolver alunos e então desenvolver pesquisas, grupos de estudos e capacitações”, justifica o professor.

Os docentes lembram também que em breve serão divulgadas as listas de oficinas e minicursos, com inscrições abertas para a comunidade interna e externa.

PROGRAMAÇÃO

22/11 – sexta-feira:

MANHÃ:

  • Abertura oficial
  • Papo enrolado, cuja temática será: “Uma questão além da estética” (música, dança, fotografia, poesia, etc); - local auditório
  • Mesa-redonda com os palestrantes Clébio Araújo (professor da Universidade Estadual de Alagoas - Uneal) e Ângela Maria Nascimento (assistente social da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE), com mediação do professor: Fernando Nascimento – local: auditório.

 

TARDE:

  • Apresentação cultural do boi Fênix (do bairro Benedito Bentes de Maceió)
  • Desfile da Beleza Negra (local: quadra poliesportiva)
  • Oficinas
  • Minicursos

 

23/11 – sábado:

MANHÃ:

  • Inauguração da sala do Neabi
  • Cine Debate com a professora do Ifal Coruripe, Flora Pidner (filme: A última abolição) – local: auditório

 

registrado em: ,