Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Jornada Espacial: alunos de Palmeira dos Índios contam experiência

Notícias

Jornada Espacial: alunos de Palmeira dos Índios contam experiência

Campus de Palmeira dos Índios foi o único a ter representantes entre as escolas públicas de Alagoas

publicado: 20/12/2017 12h55 última modificação: 26/12/2017 09h08

Por: Monique de Sá - jornalista

Entre os dias 10 e 16 de dezembro, foi realizada na cidade de São José dos Campos, em São Paulo, a 15º edição do Jornada Espacial. O evento é destinado a alunos que obtiveram os melhores resultados nas questões de astronáutica (foguete, satélites e aplicações) na prova da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) de 2017. Por isso, o campus de Palmeira dos Índios foi o único a ter representantes entre as escolas públicas de Alagoas.

Os selecionados para participar da Jornada foram os alunos Vinícius Gabriel Barros (medalhista de ouro na OBA), do curso de Eletrotécnica, e Pedrina Vitória Assis (medalhista de prata na OBA), de Edificações, que foram acompanhados do professor de Física do Instituto, Manoel Pereira.

Segundo o docente, este ano, participaram 71 alunos, que vivenciaram e puderam ter contato com o que há de melhor no âmbito das ciências aeroespaciais no Brasil. “Esta não é a primeira vez que participamos do evento. Nosso campus tem tido alunos de forma recorrente a participarem dessa experiência. Além disso, um objetivo secundário da Jornada é levar os professores a ter conhecimento a novas tecnologias na área de ensino de Astronomia e Astronáutica”, explica o docente

Participante pela primeira vez, Vinicius Barros ressalta que esta foi uma semana muito proveitosa nos âmbitos pessoal, acadêmico e também profissional. “Despertou em mim um maior interesse na área aeroespacial, tanto é que meu intuito agora é cursar Engenharia Aeroespacial no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). De modo geral, permitiu que eu conhecesse mais sobre todo o escopo da área aeroespacial no Brasil, assim como a da aeronáutica”, diz.

Quem também pôde definir sua futura profissão através da jornada foi a aluna Pedrina Assis. “Pude confirmar que realmente quero entrar para o Instituto Militar de Engenharia (IME). Lá, pude ter outro olhar acerca de possibilidades de faculdades, pós-graduação. É fantástico e proveitoso saber que estou sendo reconhecida como aluna”, conta Pedrina.

Programação enriquecedora

Entre as atividades programadas para a semana estiveram diversas palestras, entre elas a que aborda o Programa Nacional de Atividades Espaciais, ministrada pelo tecnologista da AEB, Pedro Kaled. As diretrizes dos trabalhos educacionais desenvolvidos no Centro Vocacional Tecnológico Espacial (CVT), inaugurado no último dia 13 de novembro, em Parnamirim (RN) também foram conhecidas pelos estudantes da jornada.

Temas como os 40 anos da Missão Voyager, Aquecimento Global, Satélites de Comunicação e a Televisão, Contexto histórico da Corrida Espacial, os 60 anos da Era Espacial, Programa de Satélites do Instituto de Aeronáutica e Espaço, entre outros foram abordados durante toda a semana.

Confira a programação.

*Com informações da Agência Espacial Brasileira (AEB)

 



registrado em: