Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ifal leva atividades gastronômicas e culturais ao Fórum Mundial
conteúdo

Geral

Ifal leva atividades gastronômicas e culturais ao Fórum Mundial

Evento vai até esta sexta-feira e acontece em Olinda (PE)

publicado: 27/05/2015 20h08, última modificação: 29/05/2015 13h55
Exibir carrossel de imagens Alunos do Câmpus Piranhas, no alto sertão alagoano, encenam a arte e a cultura da região

Alunos do Câmpus Piranhas, no alto sertão alagoano, encenam a arte e a cultura da região

 

O III Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica (FMEPT), aberto oficialmente na noite desta terça-feira (26), foi palco de diversas atividades desenvolvidas no Instituto Federal de Alagoas. As apresentações artísticas, as mostras gastronômica, de pôsteres e de inovação tecnológica, além da feira de economia solidária, foram representadas por alunos e servidores do instituto em Olinda (PE), cidade onde o evento aconteceu.

O Coretfal, coral do câmpus Maceió, começou o primeiro dia do Fórum com um show que emocionou o público presente com músicas que foram da Música Popular Brasileira (MPB) ao forró. Já à tarde foi a vez do grupo de Piranhas, o Ser Tão Brasil, brilhar no palco com uma apresentação musical que envolveu os participantes. O professor coordenador do projeto, Manoel Ricardo Moreira, afirmou que “somos uma escola técnica, mas não devemos deixar de estimular os talentos culturais que estão dentro de todo brasileiro”.

Ele convocou o reitor do Ifal e fez um agradecimento ao apoio que a Reitoria tem dado ao projeto. “Eu tenho muito orgulho de fazer parte deste instituto e de poder presenciar esses talentos no nosso Ifal”, declarou Sérgio Teixeira. A equipe de teatro O Arrebol, do câmpus Maragogi, encerrou a noite de terça com a peça “Prometemos não chorar”, realizada no auditório Cultura.

A mostra e a oficina gastronômicas estão sendo comandadas pelo professor Anderson Campos, do Ifal Marechal Deodoro. Intitulada “Hábitos alimentares: conceitos, costumes e tradições presentes no nosso cotidiano”, a mostra foi composta de uma parte teórica e outra prática, esta última uma preparação de hambúrguer de carneiro com macaxeira frita. Fernanda Rodrigues e Jackson Filipe auxiliaram o docente na mostra desta tarde. Já na quinta-feira o professor  ministrou a oficina “Maresia alagoana: resgate e utilização dos ingredientes típicos da cozinha alagoana”, momento no qual houve a preparação de três pratos: uma salada de frutos do mar, sorvete de macaxeira e calda de acerola, tapioca de camarão flambado na cachaça com mel de engenho.

Com 25 mil inscritos, o FMEPT, organizado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE), com apoio do Ministério da Educação (MEC), reuniu cerca de 150 instituições, entidades e associações do Brasil e do mundo.

 

registrado em: