Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Estudantes do Ifal são premiados pelo resultado na Obmep 2014

Geral

Estudantes do Ifal são premiados pelo resultado na Obmep 2014

Setenta estudantes alagoanos foram premiados com medalhas de prata e bronze

por publicado: 03/09/2015 22h00 última modificação: 04/09/2015 18h37

Na manhã desta quinta-feira, 03, os estudantes do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) e das escolas públicas do estado cantaram com mais firmeza a estrofe do hino de Alagoas: "Salve, ó terra vitoriosa; glória à terra de Alagoas", na premiação local da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), edição 2014.

A solenidade ocorreu no auditório Aquatune, do Palácio República dos Palmares, e contou com a presença do vice-governador e secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa; do reitor do Ifal, Sérgio Teixeira; do pró-reitor de Graduação da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Amauri Barros; do coordenador da Obmep em Alagoas, Adelailson Peixoto; do representante dos professores da rede pública, Adriano Valeriano, e de diversos diretores de unidades educacionais, pais, familiares e professores.

O reitor do Ifal, Sérgio Teixeira Costa, destacou a importância do incentivo dos professores e a determinação dos jovens em estudar matemática contextualizando e não apenas decorando fórmulas, "a intervenção do professor é o segredo dos resultados positivos na Obmep, e os talentos que aqui estão provam que a educação é o único caminho para superar os limites".

Ratificando a importância da Olimpíada nas escolas públicas para a descoberta e incentivo de novos talentos da matemática, Luciano Barbosa garantiu total apoio da Secretaria de Estado da Educação para a iniciativa. “Esta premiação é fruto do trabalho de pessoas compromissadas com a Educação e isso traz ainda mais estímulo para a nossa busca pela melhoria da qualidade de educação em Alagoas. Iniciativas como a Obmep são uma competição saudável e precisam ser multiplicadas e contam com o nosso total apoio”, afirmou o secretário. 

Ao todo, 70 alunos medalhistas de prata e de bronze, 22 professores, 20 escolas e duas secretarias foram premiados na 10ª edição da Olimpíada. Dos quatro medalhistas de prata, um foi da rede estadual, Gabriel de Farias Neto, da Escola Estadual Adriano Jorge, em Arapiraca, no nível 2 – que corresponde aos 7º e 8º anos do Ensino Fundamental – e três do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) no nível 3, referente ao ensino médio: José Monteiro de Lemos Neto, Júlia Albuquerque Aguiar e Arthur da Costa Vangasse.

A cerimônia ainda contou com uma apresentação do coral de deficientes visuais Carlos Gomes, da escola estadual de cegos Cyro Accioly, que  emocionou a todos os presentes, e tem como regente o maestro Carlos Tenório.


registrado em: