Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Escambo incentiva a descoberta do mundo da literatura

Notícias

Escambo incentiva a descoberta do mundo da literatura

por Bartolomeu Honorato publicado: 23/03/2018 11h15 última modificação: 23/03/2018 11h41
Ação no pátio do campus

Ação no pátio do campus

A vida de Marcelo, de 20 anos, parecia correr bem até o momento em que subiu numa pedra para dar um mergulho numa lagoa. O pulo fez com perdesse os movimentos do corpo no auge da juventude. No hospital, o universitário começa a refletir sobre superação de dificuldades após o acidente. A história está no livro “Feliz ano velho”, de Rubens Paiva, obra conhecida pela estudante Sabrina Simplício da Silva, no escambo literário do Instituto Federal de Alagoas, em Maragogi.

“Você é um jovem, ativo, apaixonado pela vida e de repente acontece isso com ele. Eu tenho essa paixão assim como o personagem. É por isso que me identifiquei com essa história. Ele é uma inspiração para vivermos a vida a cada momento, sairmos da inércia”, contou Sabrina, que faz o terceiro ano do curso de Hospedagem, no campus Maragogi.

O hábito de ler livros de literatura surgiu há três anos quando Sabrina ingressou no Instituto. Ela já soma 40 obras lidas no período. Só no escambo literário, foram dez. “O mundo de Sofia”, textos de Dalai Lama, entre outras publicações e autores, fazem parte da leitura de Sabrina nas trocas do escambo.

O professor Gutemberg Lima da Silva explica que o escambo tem a função de incentivar a leitura estudantil. “Como o brasileiro não tem o hábito de ler, o escambo ajuda na leitura. O aluno chega ao stand e troca o livro. Se quiser, troca de novo, pois o mesmo é dele”, explicou. A ação também se estende às famílias deles. “A mães pedem para os filhos trocarem livros no escambo e levarem para elas. A família toda acaba tendo acesso à leitura”, completou.

O escambo literário conta com mais de 100 livros disponíveis para troca. São doações de estudantes e servidores. A iniciativa ocorre há três anos, no campus Maragogi. No stand, estão disponíveis obras de autores brasileiros e internacionais e é aberto para comunidade externa ao Instituto. Na primeira edição de 2018, a ação ocorreu de 21 a 23 de março.

 

 

registrado em: ,