Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Conselheiros eleitos tomam posse no Consup para o biênio 2018-2020

Notícias

Conselheiros eleitos tomam posse no Consup para o biênio 2018-2020

por Gerônimo Vicente - jornalista publicado: 26/11/2018 14h43 última modificação: 27/11/2018 09h14
Exibir carrossel de imagens Gerônimo Vicente Solenidade de posse dos conselheiros eleitos para o Conselho Superior do Ifal

Solenidade de posse dos conselheiros eleitos para o Conselho Superior do Ifal

Os novos integrantes do Conselho Superior do Ifal (Instituto Federal de Alagoas) para o mandato 2018-2020 foram empossados na manhã desta segunda-feira (26), durante solenidade realizada na Sala de Reuniões da Reitoria. A cerimônia foi presidida pelo reitor do instituto, Sérgio Teixeira Costa. Os novos integrantes do colegiado e suplentes foram eleitos no dia 31 de outubro pela comunidade interna do Ifal formada por servidores técnicos administrativos e docentes, e estudantes. Tomaram posse 22 novos integrantes do Consup, distribuídos em cinco professores titulares e cinco suplentes, cinco técnicos administrativos e três suplentes, cinco discentes e três suplentes, dois titulares egressos e um suplente e cinco dirigentes do Ifal e mais um suplente.

A solenidade teve nos discursos dos conselheiros eleitos o momento mais atrativo e, nessa ocasião, a maioria dos pronunciamento fazia referência à incógnita sobre os rumos da educação pública a partir de 1º de janeiro.

O conselheiro Alfredo Dacal defendeu uma aproximação do Ifal do setor produtivo para que haja uma interação entre a produção industrial e a pesquisa acadêmica. O representante dos docentes, Ederson Matsumoto disse sentir honrado em participar do conselho e principalmente dos debates democráticos e participativos. O conselheiro Marcondes Inácio, do Campus Piranhas destacou a importância do ensino público, gratuito e de qualidade para a formação do cidadão das classes mais baixa. “Diante dos ataques à educação, acho que nós como conselheiros teremos que ter uma postura firme na manutenção do direito e na manutenção da qualidade do Instituto Federal de Alagoas”. O professor Osvaldo Epifânio, suplente, desejou um bom trabalho e alertou sobre o momento que se avizinha onde, segundo ele, o Consup terá a mais espinhosa responsabilidade. “É preciso saber como ficará esse universo de quase de 900 mil alunos da rede federal. Nós estamos em um terreno movediço, pois as regras não estão claras. Nós temos que ter compromisso como a educação pública e de qualidade”, enfatizou.

 O presidente do Consup, o reitor Sérgio Teixeira congratulou a todos porque houve um recorde de participação na eleição. “Foram cerca de três mil votantes no processo que envolveu toda a comunidade. Acima do reitor e acima de pessoas está o interesse institucional e da sociedade, quando se trabalha desta forma democrática”, ressaltou.

Segundo o presidente, o mandato da atual gestão do Consup foi concluído no último domingo (25) e, por isso, houve a posse dos atuais conselheiros que vão coordenar e acompanhar o processo eleitoral. “É preciso que todos acompanhem o processo eleitoral que está ocorrendo e que acontece no dia 28 deste mês”, declarou.