Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Comitê de Ética do Ifal recebe registro para atuar como avaliador de projetos de pesquisa no país

Notícias

Comitê de Ética do Ifal recebe registro para atuar como avaliador de projetos de pesquisa no país

Instituído há pouco mais de um ano, CEP irá auxiliar em pesquisas realizadas com seres humanos

por Jhonathan Pino - jornalista publicado: 25/11/2019 11h43 última modificação: 27/11/2019 08h59

No último dia 18, o Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), recebeu o comunicado de seu registro junto à Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep). Com isso, o órgão entrou para uma lista de instituições que compõem a Plataforma Brasil, sistema eletrônico criado pelo Governo Federal para sistematizar o recebimento dos projetos de pesquisa que envolvam seres humanos, nos comitês de ética de todo o país.

Para a Pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, Eunice Palmeira, a associação do Ifal à Conep é de grande importância para a atuação do CEP. “Era extremamente necessária para o nosso comitê atuar mais efetivamente com a comunidade acadêmica e implementar corretamente as normas e diretrizes regulamentadoras de pesquisas, além de compartilhar experiências e estudos de aspectos éticos com os membros de diferentes CEPs e com a Conep", pontuou.

A Plataforma Brasil se torna a única via de protocolo de projetos de pesquisa com seres humanos no Ifal. A submissão, a tramitação e o acompanhamento dos projetos de pesquisa ocorrem totalmente de forma online. Assim, para a submissão de projetos de pesquisa que envolvam seres humanos, o pesquisador interessado deverá se cadastrar como Pesquisador na Plataforma.

Além do cadastro, no sistema, o pesquisador poderá submeter os projetos para análise, realizar o processo de protocolo, anexar documentos e emitir pareceres de pendências sobre os projetos.Comitê de Ética do Ifal foi constituído em março deste ano.jpeg

Atuação do CEP

Com o regimento aprovado pelo Conselho Superior, em 12 de novembro de 2018, o Comitê de Ética do Ifal foi constituído em março de 2019 e desde então vinha trabalhando para se adequar à Plataforma.

“Em maio de 2019 houve retorno da Conep sobre a submissão, apontando que ajustes deveriam ser realizados, principalmente no regimento. Os membros do Comitê decidiram então realizar uma revisão geral, já acomodando as exigências da Conep. No mês de agosto o Comitê finalizou todos os ajustes solicitados”, pontua Gilson Oliveira, coordenador do CEP..

Com o registro, o CEP passa a se pronunciar sobre a eticidade dos projetos de pesquisa envolvendo seres humanos, submetidos via Plataforma Brasil. Oliveira lembra que compete ao comitê pronunciar-se sobre os aspectos éticos, tendo como principal objetivo a proteção do participante da pesquisa.

"A análise de projetos de pesquisa é realizada via submissão na Plataforma, no entanto, dúvidas sobre a submissão ou o andamento de projetos submetidos podem ser tiradas na sala 402, no prédio da Reitoria, onde está alocado o Comitê, ou pelo telefone 3194-1176", detalha o coordenador.

registrado em: ,