Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Comissão Central homologa as candidaturas aos cargos de reitor do Ifal e diretor-geral dos campi

Notícias

Comissão Central homologa as candidaturas aos cargos de reitor do Ifal e diretor-geral dos campi

Quatro servidores disputam o cargo de reitor; Campus Maceió terá cinco concorrentes e Maragogi quatro na disputam pela Direção-Geral; em seis campi há somente uma candidatura

por Gerônimo Vicente - jornalista publicado: 09/11/2018 15h44 última modificação: 11/11/2018 19h06

Foi dada a largada para as eleições que escolherão o novo reitor do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) e diretores-gerais de quinze campi da instituição com a homologação das candidaturas nesta sexta-feira (9) pela Comissão Central. A campanha eleitoral começa hoje, 09, e se estende até o dia 27 deste mês. A votação no primeiro turno ocorrerá no dia 28 de novembro. Havendo segundo turno, o processo eleitoral tem sequência no período de 29 de novembro a 11 de dezembro deste ano, e a votação está marcada para o dia 12 do mês que vem. Na manhã desta sexta-feira, a Comissão Central divulgou a homologação de todos os candidatos ao cargo de reitor e diretor-geral para o quadriênio 2019-2023.

Serão quatro candidatos na disputa ao cargo de reitor que são: Carlos Guedes Lacerda, atual pró-reitor de Desenvolvimento Institucional, Dácio Lopes Camerino Filho, diretor-geral do Campus Maragogi, Givaldo Oliveira dos Santos, professor do Campus Maceió e Marília Costa Gois, diretora-geral do Campus Marechal Deodoro. Na disputa para o cargo de diretor-geral dos campi Arapiraca, Batalha, Coruripe, Maceió, Maragogi, Marechal Deodoro, Murici, Palmeira dos Índios, Penedo, Piranhas, Rio Largo, Santana do Ipanema, São Miguel dos Campos, Satuba e Viçosa, há variação entre candidatura única e disputa entre até cinco concorrentes, como é o caso do Campus Maceió. Em Maragogi, quatro disputam o posto de diretor-geral. Há somente um candidato na disputa ao cargo nos campi de Arapiraca, Batalha, Coruripe, Rio Largo, Santana do Ipanema e Viçosa. Nessas unidades de ensino, os atuais diretores disputam a reeleição. Além de Maceió e Maragogi a disputa nos campi tem mais de um candidato em Marechal Deodoro, Murici, Palmeira dos Índios, Penedo e Piranhas. Os servidores do campus Benedito Bentes votarão somente para escolha de reitor, porque o mandato do diretor é em regime pró-tempore (temporário), com apenas dois anos de gestão.

De acordo com o cronograma eleitoral, o período de 16 a 27 de novembro está reservado para realização de debates entre os candidatos. No prazo estipulado para a propaganda eleitoral é vedado aos candidatos, a utilização de aparelhos sonoros no âmbito interno e externo da instituição; a vinculação da candidatura a partidos políticos, associações, sindicatos, entidades representativas de estudantes ou servidores; a utilização da logomarca do Ifal em material de campanha,; envio de propaganda através do e-mail institucional, bem como a distribuição de camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes, cestas básicas e exposição de campanha em outdoor.