Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Campus Benedito Bentes tem aula inaugural de curso técnico de Enfermagem

Notícias

Campus Benedito Bentes tem aula inaugural de curso técnico de Enfermagem

por Jhonathan Pino - jornalista publicado: 30/01/2018 09h43 última modificação: 05/02/2018 10h49

Teve início nesta segunda-feira, 29, as atividades do primeiro curso ofertado pelo Instituto Federal de Alagoas (Ifal), na área de Saúde. A modalidade subsequente de Técnico em Enfermagem tem como sede o Campus Benedito Bentes e foi em seu auditório que a aula inaugural foi realizada, com a palestra do professor Wbiratan de Lima Souza. Neste dia, ele buscou sensibilizar os alunos para a importância de uma formação humana e além de mostrar as diversas áreas de atuação do profissional da Enfermagem.

Lá estavam os 20 aprovados de uma seleção que contou com quase 500 candidatos. A alta concorrência pode ser explicada porque trata-se da primeira iniciativa do Governo Federal, na oferta de cursos técnicos na área de Saúde. Além do curso, que terá duração de 24 meses, os alunos poderão fazer seis meses de estágio no Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPAA), além de participarem de projetos de extensão, pesquisa e de programas de apoio estudantil.

Presentes à atividade estiveram o reitor Sérgio Teixeira, os pró-reitores Luiz Henrique Lemos, de Ensino (Proen) e Carlos Guedes, de Desenvolvimento Institucional (PRDI), o diretor de Gestão de Pessoas (DGP), Wagner Fonseca, além do diretor da Unidade, Alexandre Bonfim e o coordenador do curso, Salomão França. Eles foram anfitriões para a visita do governador Renan Filho e dos vereadores do município de Maceió, Silvano Barbosa e Sílvio Camelo.

“Não poderia deixar de estar aqui. Porque essa reunião pode parecer pequena, mas para mim tem um grande significado. Desde quando eleito deputado federal estou trabalhando pela expansão dos Institutos Federais em Alagoas e isso foi uma decisão política. Abrir as portas disso aqui não é abrir apenas uma escola, é abrir oportunidades para empregos e para a mudança de vidas das pessoas que mais precisam”, afirmou o governador.

Ele também lembrou que a doação da escola que abriga o Campus Benedito Bentes, pelo Estado, foi uma forma de levar, de modo mais célere, o Ifal para aquele bairro. Para o governador, a instituição é um dos equipamentos de maior qualidade à serviço da população na ajuda à reversão dos dados de pobreza e criminalidade na região.

“Diante das dificuldades, seja no clima, ou no solo, que não é tão fértil como estados do Sul, Centro-Oeste, ou mesmo do interior de São Paulo, a saída para o Nordeste é a difusão do conhecimento. É nele que serão encontradas as soluções para velhos problemas”, opinou.

O reitor agradeceu a parceria que o Estado vem mantendo com o Ifal nos últimos anos. Ele lembrou que os docentes que foram contratados para atuar no curso Técnico de Enfermagem, possibilitado pela doação da sede provisória do Campus, são apenas alguns entre os mais de 360 servidores empossados no último ano pelo Ifal. Para o gestor, Alagoas e o Ifal andam juntos na contramão da crise política, ética e econômica brasileira.

“Poucos institutos ousam abrir um curso na área de Saúde, porque é caro e é complexo. É por isso que nomeamos 10 professores para dar aula para 20 alunos nessa primeira turma, e vocês são os pioneiros. Não tenho a menor dúvida de que vocês sairão com suas vidas mudadas, com, no mínimo, o conhecimento para seguir uma carreira profissional”, pontuou o reitor.

Sérgio também citou que ainda em fevereiro será inaugurado o prédio do Campus Coruripe, em seguida será a vez do novo auditório do Campus Maceió. Ainda no mês de maio o Ifal ganhará mais uma sede permanente, a do Campus Arapiraca, e até o meio do ano o Campus Palmeira dos Índios inaugurará o prédio das engenharias.

registrado em: ,