Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Alunos da Educação de Jovens e Adultos do Ifal expõem peças em feira internacional de artesanato

Notícias

Alunos da Educação de Jovens e Adultos do Ifal expõem peças em feira internacional de artesanato

por Jhonathan Pino - jornalista publicado: 09/07/2019 10h06 última modificação: 11/07/2019 11h15

Desde a quarta-feira, 3, professores e alunos do Curso Técnico de Artesanato, do Campus Maceió, estão se revezando num estande da 20ª edição da Fenearte. Quem for ao Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, Pernambuco, até o próximo domingo, 14, poderá conferir os produtos feitos pelos artistas alagoanos, alunos e egressos do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), selecionados para uma das maiores feiras voltadas para o artesanato, na América Latina.

As 300 peças expostas pelo Instituto Federal de Alagoas (Ifal), foram produzidas a partir de técnicas artesanais, como filé, crochê, entalhe em madeira, modelagem em barro, bordado, papietagem e renascença. Elas vêm chamando a atenção não só dos visitantes, como também de outras curadorias.Abacaxis e o cobogó em cerâmica, produzidos por artesãos alagoanas, foram expostos em estande de arquiteta pernambucana.jpeg

“Durante o período de exposição da feira dois de nossos mestres artesãos, Mestre Pedrocas [Patrimônio Vivo de Alagoas] e Eduardo Faustino, foram convidados para levar suas peças para compor o espaço Janete Costa. Um espaço pensado e idealizado, pela arquiteta Roberta Borsoi, para abrigar peças de renomados mestres artesãos que compõem diversos ambientes criados para dar visibilidade aos produtos dos artistas”, detalhou Juliana Aguiar, que junto as docentes Denise Lages e Roseane Santos, se encarregaram do processo de planejamento de ações, curadoria das peças, entre os alunos regulares e egressos do curso, além da criação do estande e material de divulgação e embalagem das peças.

“Trata-se de uma iniciativa pioneira, com esse foco, de exposição e vendas dos produtos idealizados e desenvolvidos dentro do Curso Técnico de Artesanato, que dará visibilidade e oportunidade de contato com outros artesãos e associações nacionais e internacionais”, acrescenta Juliana.

Alunos e professores do Curso Técnico de Artesanata se revezam durante os 12 dias de exposição na Fenearte.jpegPara a professora, o local não é só de exposição e comercialização dos produtos, mas também uma oportunidade de troca de experiências. “Encaramos como espaço de aprendizagem onde os nossos alunos terão oportunidade de exercer a prática profissional e comercial. Pois, um evento dessa monta trará uma experiência importante na formação desses sujeitos”, pontuou.

Duas equipes de alunos estão participando durante os 12 dias de evento, acompanhados pelas professoras mencionadas acima, além da professora Ângela Barros. O custeio do estande e a viabilização da participação dos alunos foi realizado com recursos da Direção Geral do Campus Maceió.

registrado em: ,