Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Aluno de Sistemas de Informação do Ifal é contratado por empresa sueca

Notícias

Aluno de Sistemas de Informação do Ifal é contratado por empresa sueca

por Jhonathan Pino - jornalista publicado: 12/07/2019 12h21 última modificação: 12/07/2019 13h00

Menos de um mês após ter apresentado seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), o agora ex-aluno de Sistemas de Informação, do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), Arthur Denner, está preparando as malas, para partir para o seu voo mais alto, com destino a Estocolmo, Suécia. Lá, ele irá iniciar um novo ciclo numa empresa de tecnologias, voltada a apostas online, o Kindred Group.

Depois de passar por uma seleção de dois meses e outro mês até ter toda a sua documentação aceita, no processo migratório, Denner agora se preocupa com a saudade que irá sentir da família, a partir de agosto, quando irá partir, pois o clima frio e o ambiente profissional saudável já eram metas antigas e conhecidas entre seus amigos.

A área em si, de TI [Tecnologia da Informação], ela é muito bem-vista e valorizada em vários lugares do mundo. Como eu já tinha o desejo de sair do país, então eu vi na área de tecnologia uma forma de conseguir isso”.

Assim que comecei a fazer Sistemas de Informação, eu me apaixonei muito rápido, comecei a aplicar o que via na sala de aula, na minha vida, então criei alguns programinhas simples, para resolver algumas coisas que tomavam tempo na minha vida, seja pessoal, ou na profissional, como era o caso na área de elétrica, onde atuava. Quando comecei a ver que tecnologia solucionava problemas de forma interessante e resolvia várias coisas na minha vida, então eu resolvi mergulhar de cabeça". 

Apesar de ter apenas 24 anos, Denner vem a longo tempo se preparando para essa jornada. Ele disse que sempre tentou aplicar o seu conhecimento na resolução de problemas e foi dessa forma que foi conquistando espaços.

Aluno de Eletrotécnica do Ifal, entre 2009 e 2012, foi com o conhecimento do curso técnico que ele passou a atuar profissionalmente. Foram cinco anos trabalhando na área, até que em 2016, quando já fazia Sistemas de Informação, também no Ifal, demonstrou a um dos seus professores, Breno Jacinto, o interesse em participar do Comunica. Trata-se de uma plataforma criada no Instituto, voltada para o processo de inscrições e acompanhamento dos projetos de pesquisa.

Assim que comecei a fazer Sistemas de Informação, eu me apaixonei muito rápido, comecei a aplicar o que via na sala de aula, na minha vida, então criei alguns programinhas simples, para resolver algumas coisas que tomavam tempo na minha vida, seja pessoal, ou na profissional, como era o caso na área de elétrica, onde atuava. Quando comecei a ver que tecnologia solucionava problemas de forma interessante e resolvia várias coisas na minha vida, então eu resolvi mergulhar de cabeça. Foi quando eu pedi demissão do trabalho e comecei o estágio aqui, no Ifal”, lembra Denner.

Um ano depois, ao ser convidado para atuar numa empresa de tecnologia em Maceió, passou a se dedicar a duas coisas: desenvolvimento de aplicações que facilitassem o seu cotidiano e buscar empresas fora do país, para que tivesse o seu potencial reconhecido.

Desde 2016, eu venho passando por vários processos de seleção. Em alguns, eu falhei, por falta de conhecimento. Outros por inexperiência mesmo, mas só esse ano eu fui aplicar com confiança. Então, antes mesmo, era um teste. Eu tentava, ao nível de comparação, para ver meu estágio de conhecimento, no cenário internacional. Eu tentei em empresas nos Estados Unidos e Alemanha. Falhava em alguns pré-requisitos e a partir disso, eu estudava para melhorar na área em que eu havia ido mal. Dessa forma, eu fui construindo minha proficiência”, recordou.

A companhia sueca, Kindred Group, possui 11 empresas na área de apostas online.png

Denner utilizava um fórum online para programadores, o Stack Overflow Jobs, tanto para tirar dúvidas sobre programação, quanto para ficar informado sobre vagas de emprego, disponíveis em todo o planeta. Foi lá que encontrou a oportunidade para a Suécia, no Kindred Group, companhia que possui 11 marcas.

Os requisitos eram tempo de experiência e conhecimento em tecnologias, que aprendi aqui no Comunica e na Audora [empresa que trabalhou em Maceió], além de experimentos pessoais. Também era exigido o domínio de inglês. Todo o processo seletivo é em inglês, eu fiz as entrevistas e os testes, todos no idioma, até mesmo porque se trata de uma empresa de atuação internacional”, detalhou.

Teoria e prática levadas para o seu dia a dia

Denner pontua que os professores do curso sempre estimularam o desenvolvimento de conhecimento, a partir de projetos integradores, e é isso que o fez continuar melhorando nos projetos que vem desenvolvendo.

O grande valor vem quando você começa a aplicar o que está vendo em sua vida. Quando você começa a ver que pode trazer aquele conhecimento, dado em sala de aula, para o seu dia a dia, você começa a dar mais valor a ele. No Ifal, muitos professores têm projetos de pesquisa e extensão e tudo isso são portas, que caso você se dedique, podem te levar a novas oportunidades”, enfatiza.

Um exemplo dos aplicativos desenvolvidos por ele, ainda durante a faculdade, é o Quanto Custa, que possui uma página para comparação de preços em determinadas localidades. Ele foi desenvolvido a partir de uma conversa com uma amiga.

O que eu vejo na tecnologia é uma oportunidade de facilitar processos que solucionem a minha vida. Há coisas que antes eu passava uma tarde inteira, para resolver algo que hoje eu passo 30 segundos. Então uma amiga minha veio com essa ideia e eu aceitei o desafio de produzir o Quanto Custa, disponível no quantocusta.me. No momento estou desenvolvendo um aplicativo mobile para ele, mas também possui uma página no Facebook e Instagram, com atualização”, explica o profissional, que ainda está correndo, para colar grau, antes de sua partida.

registrado em: