Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Projeto do Campus Murici é aprovado para Festival de Matemática, no Rio de Janeiro

Notícias

Projeto do Campus Murici é aprovado para Festival de Matemática, no Rio de Janeiro

por Jhonathan Pino - jornalista publicado: 19/04/2017 15h45 última modificação: 20/04/2017 09h06
Exibir carrossel de imagens A oficina Brincando com os números será realizada em duas oportunidades no Rio de Janeiro

A oficina Brincando com os números será realizada em duas oportunidades no Rio de Janeiro

O Instituto Federal de Alagoas (Ifal) estará representado no Festival da Matemática, a ser realizado no Rio de Janeiro, entre os próximos dias 27 e 30 de abril. É que a aluna do Campus Murici, Isabelle Oliveira, e participante do projeto de extensão "Brincando com os números", teve artigo e proposta de oficina aceitos pelo evento e lá irá passar parte das práticas realizadas há dois anos no município da zona da mata alagoana.

O coordenador do projeto, professor Gelsivanio Souza, relatou que ele teve início em 2015, com o irmão da Isabelle, Matheus Oliveira e com outra aluna voluntária. Ana Lívia Santos. Os três auxiliaram no ensino de matemática de alunos de 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, de uma fazenda da zona rural de Murici, por meio de jogos e brincadeiras lúdicas para tentar fazer com que o aprendizado se tornasse mais simples e prazeroso.

Isabelle lembra que teve certa dificuldade no contato inicial com os alunos, mas depois as coisas fluíram. Os jogos são criados por eles mesmos, após pesquisas. Além disso, os estudantes costumavam ir ao local por conta própria. "Íamos de duas a três vezes na semana, dependendo da disponibilidade da professora, e aplicávamos os métodos, separando os alunos. No primeiro horário, antes do intervalo, trabalhávamos com os alunos do 1º e 2º ano e após o intervalo, seguia-se com o 3º, 4º e 5º ano", detalha.

De acordo com Gelsivanio, a responsável pela turma atendida na zona rural relatou que os alunos estão aprendendo de forma mais rápida, desde que foram aplicadas as técnicas lúdicas. "O projeto teve a duração de oito meses, mas devido aos bons resultados, transformamos esse projeto em artigo e participamos em 2016 de dois eventos, que foram o Cbeu [Congresso Brasileiro de Extensão Universitária], realizado em Ouro Preto, Minas Gerais, além do [Connepi] Congresso Norte-Nordeste de Pesquisa e Inovação, em Maceió", lembra o professor do Campus Murici.

Acesse aqui a programação do Festival de Matemática.

registrado em: