Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Perguntas frequentes > Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação
conteúdo

Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação

por Nise Farias Braga publicado 06/05/2020 17h20, última modificação 05/08/2020 08h02

Quais as competências da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós Graduação e Inovação?

 

A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação – PRPPI é o órgão executivo que planeja, superintende, coordena, fomenta e acompanha as atividades e políticas de pesquisa e inovação, integradas ao ensino e à extensão e de pós-graduação e qualificação dos servidores, e promove ações de intercâmbio com instituições e empresas na área de fomento à pesquisa, ciência e tecnologia e inovação tecnológica.

 

PIBITI e PIBIC são a mesma coisa?

Não. Eles são o Programa Institucional de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti) e o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica Para o Ensino Médio (Pibic EM). Projetos vinculados ao Pibic EM podem ser ligados a qualquer área do conhecimento e desenvolver qualquer tipo de pesquisa. Já o Pibiti é voltado para as áreas de tecnologia e inovação.

 

Quais documentos são necessários para submissão de projeto de pesquisa?

A documentação necessária varia de acordo com o edital e a finalidade do projeto de pesquisa, mas necessariamente deve conter o Projeto de Pesquisa e o Currículo Lattes do proponente atualizado.

 

Quando posso submeter um projeto de pesquisa?

Para concorrer a bolsas de pesquisa e/ou financiamento, o pesquisador deve estar atento aos editais lançados pela PRPPI. No caso de projetos desenvolvidos na instituição de forma autônoma, os mesmos podem ser submetidos em qualquer tempo.

 

Um professor de um Campus A tem projeto aprovado com bolsista de um Campus B. Quem assina a declaração de execução do projeto?

A declaração é de onde o projeto será executado pelo Coordenador de Pesquisa e Inovação e Diretor Geral do Campus.

 

No caso dos editais PIBIC/PIBITI das bolsas CNPq e FAPEAL, quem gerencia o pagamento de bolsas?

A emissão da folha de pagamento dos bolsistas é de responsabilidade do CNPq e FAPEAL.

 

Alunos dos cursos de nível médio, técnico, integrado e cursos subsequentes podem receber bolsas do CNPq ou FAPEAL?

Não. Apenas alunos de cursos de graduação.

 

Como funciona a troca de bolsista ou voluntário de projetos sem bolsa?

Via processo eletrônico para o Coordenador de Pesquisa e Inovação do campus e posterior encaminhamento à PRPPI. O orientador do projeto deve fazer ainda a substituição na Plataforma Comunica ou Sigaa, de acordo com o cadastramento do projeto. Adicionalmente, o orientador deve fazer os devidos registros nos relatórios do projeto.

 

Em caso de impedimento de um projeto, como faço para descontinuá-lo?

O cancelamento do projeto de Pesquisa é feito por meio de envio de solicitação do coordenador do projeto, ao Coordenador de Pesquisa do Campus e à PRPPI. Para isso, deve preencher o formulário de cancelamento/substituição, disponível no site da PRPPI, e enviar via processo eletrônico pelo SIPAC.

 

Quando tenho que entregar o relatório parcial do projeto de pesquisa?

O período para entrega do relatório parcial, quando solicitado, está prevista nos editais específicos.

 

Quando devo entregar o relatório final do projeto de pesquisa?

O relatório final deve ser enviado, obrigatoriamente, no último mês de execução do Projeto de Pesquisa. As datas para entrega de relatórios estão previstas nos editais específicos.

 

Qual a condição inicial para a proposição de um novo projeto de curso de pós-graduação?

O curso deverá estar no Plano de Desenvolvimento Institucional -PDI em vigência, contando com a anuência de diretorias, coordenações e pró-reitorias envolvidas.

 

Quais são os ritos a serem observados para a submissão de um novo projeto de curso?

  1. Constituição de Comissão local responsável pela elaboração da minuta do projeto de curso;

  2. Elaboração de minuta do projeto de curso de pós-graduação e formalização do pedido via processo digital;

  3. Envio do processo à Coordenação de Pós-graduação para dar prosseguimento ao fluxo linear de tramitação, caso se aplique: Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação – PRPPI e, posteriormente ao Conselho de Pesquisa e Ensino – CEPE.

 

 

Quais documentos são necessários para submissão de projeto de pós-graduação?

Atualmente, o preenchimento de (1) Formulário Próprio de Submissão, (2) Minuta do Projeto de Curso de Pós-graduação, (3) Minuta de Edital de Seleção e (4) Minuta Regimento Interno.

 

Em qual período que eu posso submeter um projeto de pós-graduação?

Obrigatoriamente, durante o período previsto no PDI em vigência.

 

Que providências devo tomar na descontinuidade do projeto de curso?

  1. Garantir condições de conclusão para os alunos cujas matrículas continuam ativas no curso, observando-se itens como: ofertas regulares, reofertas, trabalho de conclusão de curso, dentre outros;

  2. Encerrar todas as ofertas do curso, atualizando o status de todos os alunos vinculados;

  3. Comunicar via memorando à Coordenação de Pós-graduação/PRPPI e a Procuradoria Educacional Institucional – PEI, os motivos, consoante ao que prevê o PDI, que levam à descontinuidade, solicitando a atualização do status do referido curso nas plataformas de acompanhamento.

 

O que é o NIT?

O Núcleo de Inovação Tecnológica é um órgão que tem por finalidade estimular a pesquisa de inovação tecnológica e promover a adequada proteção das invenções geradas no âmbito do Instituto Federal de Alagoas (IFAL) e sua transferência ao setor produtivo, visando integrá-lo com a comunidade e contribuir para o desenvolvimento tecnológico e social do país.

 

O que é uma Propriedade Intelectual?

Propriedade Intelectual refere-se, em sentido amplo, às criações do espírito humano e aos direitos de proteção dos interesses dos criadores sobre suas criações.

 

O que é inovação?

É a introdução de novidade ou aperfeiçoamento no ambiente produtivo e social que resulte em novos produtos, serviços ou processos ou que compreenda a agregação de novas funcionalidades ou características a produto, serviço ou processo já existente que possa resultar em melhorias e em efetivo ganho de qualidade ou desempenho.

 

O que é patente?

É um título de Propriedade Intelectual concedido pelo Estado, o qual garante ao inventor o direito exclusivo sobre uma invenção (ou modelo de utilidade), que atenda aos requisitos de novidade, atividade inventiva (ou ato inventivo) e aplicação industrial.

 

Posso patentear a minha ideia?

Não, somente são passíveis de proteção as invenções exteriorizadas, que já saíram do imaginário e se transformaram em produtos ou processos.