Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ifes oferta cursos de capacitação para Cultura Maker e Laboratórios de Pesquisa e Inovação
conteúdo

Notícias

Ifes oferta cursos de capacitação para Cultura Maker e Laboratórios de Pesquisa e Inovação

Oportunidades são gratuitas e abertas a toda comunidade do Ifal

por Jhonathan Pino publicado: 06/10/2020 11h34, última modificação: 06/10/2020 11h53

O Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) está com vários cursos de capacitação abertos que podem ajudar os servidores e alunos que irão atuar em projetos e laboratórios Espaço 4.0, IFMaker e de Inovação Compartilhado (Colab).

A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PRPPI) do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) está incentivando a participação da comunidade, porque os cursos são assíncronos e estão sendo ampliados para toda rede. O primeiro deles é o Educador Maker, disponível até dezembro deste ano.

A orientação da PRPPI é acessar a página https://mooc.cefor.ifes.edu.br/ e realizar os cursos na seguinte sequência: Educador Maker - Primeiros Passos e Educador Maker - Aprendizagem Baseada em Projetos (lançamento em breve).

No momento, o Ifal está montando laboratórios de pesquisa e inovação em seus diversos campi: seis Espaços 4.0, nos campi Arapiraca, Maragogi, Palmeira dos Índios, Rio Largo, Santana do Ipanema e Viçosa, em parceria com a Secretaria Nacional da Juventude e com emenda parlamentar; três IFMaker para os campi Marechal Deodoro, Piranhas e Satuba, selecionados, por meio do EDITAL Nº 35/2020 e um de Inovação Compartilhado (COLAB) no campus Maceió, por meio de esforço institucional e emenda parlamentar.

“Esses espaços visam estimular o compartilhamento de conhecimentos, de informações, de experiências, bem como o desenvolvimento de projetos individuais e integrados, incentivando a criatividade, o raciocínio crítico, aplicando os conhecimentos teóricos na prática, além de incentivar o espírito colaborativo, possibilitando, dentre outros aspectos, o desenvolvimento de propostas de inovações tecnológicas”, comentou a pró-reitora do PRPPI, Eunice Palmeira, em comunicado feito por email à comunidade.

Eunice lembra que a ideia desses espaços é que eles sejam  utilizados por todos os professores de todas as áreas, "de modo a produzir projetos individuais e integrados e colocar na prática o que é aprendido na teoria", pontuou.

O curso de Educador Maker é um requisito obrigatório do Edital, para as equipes gestoras e que será avaliado durante o acompanhamento da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec).  Ele será reaberto no próximo ano, sendo continuamente ofertado.