Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Emendas parlamentares garantem investimentos para reestruturação e modernização do Ifal

Notícias

Emendas parlamentares garantem investimentos para reestruturação e modernização do Ifal

Em breve, reformas do refeitório do Campus Piranhas e da piscina do Campus Maceió vão ser inauguradas

publicado: 18/11/2019 11h29 última modificação: 19/11/2019 18h16
Exibir carrossel de imagens Visita à piscina do Campus Maceió

Visita à piscina do Campus Maceió

Por Elaine Rodrigues, Gabriela Rodrigues e Roberta Rocha

Aquisição de equipamentos, reformas e construções estão entre os resultados dos investimentos feitos no Instituto Federal de Alagoas (Ifal), a partir de emendas parlamentares conquistadas no último ano. Apenas uma emenda  individual do deputado federal Paulo Fernando dos Santos, Paulão, garantiu mais de R$ 1,2 milhão à instituição, além dos R$ 14 milhões destinados pela emenda da bancada.

“Com esses recursos da emenda individual e da emenda de bancada, o deputado fez grandes ações em todos os campi do Ifal. A ação foi significativa, de extrema importância e contemplou todos os campi da nossa instituição, inclusive das grandes obras de conclusão do Campus São Miguel dos Campos,  da reforma e ampliação de Viçosa e o grande desafio da obra do Campus Rio Largo para o Instituto Federal de Alagoas”, explica o reitor Carlos Guedes.

Os recursos foram destinados para obras de reestruturação e modernização do instituto, compras de equipamentos para todos os campi e para a Reitoria, reestruturação da rede de distribuição elétrica em Satuba, recuperação do bloco administrativo em Palmeira dos Índios, adequação do Campus Marechal Deodoro em relação à acessibilidade, aquisição de equipamentos para o laboratório de Enfermagem no Campus Benedito Bentes, construção de laboratórios em Maragogi, adequação do sistema de combate a incêndio e pânico, em Penedo, construção do Campus São Miguel, além da reforma e ampliação do Campus Viçosa.

Campus Maceió

Piscina do Campus MaceióNa Unidade de Maceió, foi realizada a compra de mobiliário e equipamentos para laboratórios, a readequação de calçadas e a reforma das guaritas. Com o recurso, está em fase de finalização a reforma da piscina e vai ser iniciada a obra do espaço multieventos, com dois ginásios, piso adequado e arquibancadas.

Guedes lembra que a piscina havia ficado desativada por cerca de sete anos, mas em breve receberá os alunos para as atividades desportivas. Para isso, foram investidos mais de  R$ 1 milhão de reais na obra, que trocou e restaurou o piso, a tubulação e o sistema de abastecimento de água, além de reformar as plataformas de saldo e os acessos e de ampliar a piscina, que agora passa a ter 25 metros x 16 metros, adequando-a aos parâmetros de uma piscina semiolímpica.

Piscina do Campus MaceióA piscina será reinaugurada e aberta ao uso da comunidade do Ifal Maceió com um Festival de Natação, organizado pela Coordenação de Educação Física do Campus. Ela será ofertada para as práticas de Educação Física, das turmas de ensino médio, para a Escolinha de Natação (para iniciantes), para a pré-equipe (voltada a quem deseja melhorar seu condicionamento físico e desenvolver-se na prática da natação) e equipe de natação (para alunos ou servidores que já participem de competições de natação). As aulas vão acontecer de segunda a sexta-feira, pela manhã, à tarde e à noite. A expectativa é de atender 20 a 30 praticantes de natação, por turno.

Quando aberta, ela será aberta ao uso de alunos e servidores. Para participar das aulas de natação é preciso inscrever-se na Coordenação de Educação Física do Campus, informando o horário disponível e o nível desejado. Se integrantes da comunidade externa tiverem interesse em participar dos treinos de natação, é preciso procurar a Diretoria de Extensão, Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (DEPPI), também no Ifal Campus Maceió, e preencher a ficha de inscrição do projeto TRIFAL, que promove a prática de Triathlon para a comunidade acadêmica e comunidade externa do Ifal Maceió.

Campus Piranhas

Refeitório do Campus PiranhasCom pouco mais de R$ 500 mil, foi feita a reforma do refeitório do Campus Piranhas que deve ser concluída em dezembro. O espaço agora conta com área de alimentação, cozinha, copa, espaço para o preparo de legumes e carnes, despensa, área para recepção de alimentos, banheiros, entre outras, totalizando a área total construída de 472,54 m².

O novo refeitório é esperado com ansiedade pela comunidade acadêmica da unidade. A estimativa é oferecer, com a conclusão da obra, em torno de 200 refeições diárias gratuitas, entre almoço e jantar, para estudantes selecionados de acordo com critérios como agravo nutricional, vulnerabilidade social e a necessidade de realizar atividades em tempo integral na instituição.

“É de extrema importância que esse fornecimento de refeição exista dentro da escola, até porque com isso a gente consegue suprir, em parte, as necessidades nutricionais dos estudantes durante o ano letivo. Colabora para diminuir os índices de evasão. E acaba sendo um mecanismo de educação alimentar porque serão servidas refeições com uma proposta mais saudável”, pontua nutricionista do campus, Raíza Pinheiro.

Refeitório do Campus PiranhasQuando entrar em funcionamento, o refeitório também atenderá servidores e estudantes não aprovados no edital do Programa de Alimentação e Nutrição Escolar, por meio da comercialização de refeições.

Outra proposta paralela ao fornecimento de almoço e janta é implementar o fornecimento de lanches nos dois turnos. A iniciativa prevê a utilização dos recursos repassados pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar com intuito de complementar a merenda escolar para adquirir alimentos oriundos da agricultura familiar. “Fomenta a economia local, estimula a produção no meio rural e acaba respeitando muito a cultura, as práticas alimentares regionais”, afirma a nutricionista.

Os estudantes estão ansiosos pela inauguração. “A abertura do refeitório vai ser perfeito, conseguir fazer as refeições sem precisar se preocupar em comprar fora, que é um risco que a gente também passa por causa da qualidade da comida. Ou sem ter que ficar esperando o [pedido de] almoço que, às vezes, chega 13h30 da tarde. Vai diminuir muito a questão dos gastos”, destaca Kalênia Alves, estudante de Agroindústria.

A aluna Edilânia Nunes da Silva, também de Agroecologia, mora na zona rural do município de Pão de Açúcar, a quase 90 quilômetros de Piranhas. A discente precisa ficar no contraturno três dias por semana, por participar de um projeto de pesquisa. Nos dias em que permanece os dois horários na instituição, Edilânia sai de casa às 6h10 e retorna às 20h.

“A abertura do refeitório vai facilitar a minha vida justamente porque eu não vou mais precisar comprar, trazer ou pedir para minha colega mandar o almoço ao meio-dia. Terei um local que supre minha necessidade, diminui os entraves na convivência dentro da instituição e fará com que a gente realize de maneira melhor nossas atividades no campus”, finaliza.

Agradecimento

Carlos Guedes, Sérgio Teixeira e Paulão recebendo a homenagemNa última semana, o deputado Paulão esteve no Campus Maceió, onde foi conhecer a reforma da piscina e recebeu uma placa da instituição, em agradecimento pelo esforço em destinar emendas parlamentares ao Ifal. O agradecimento foi feito pelo reitor Carlos Guedes, que também homenageou o reitor honorário Sérgio Teixeira, por conduzir os trabalhos da instituição até junho deste ano. “É o nosso reconhecimento e o nosso muito obrigado pelo apoio, pela determinação, por tudo que tem sido feito pelo Instituto Federal de Alagoas”, resumiu Carlos Guedes.

“Eu tenho raízes aqui nesse prédio, eu tive oportunidade de fazer Eletrotécnica de 1971 a 1974. Eu tenho uma relação histórica aqui, essa instituição, para mim, é importante para todo o Brasil. Reconheço o trabalho cidadão que vocês realizam e a transformação quando a gente coloca o instituto num município, a transformação cultural, social e econômica”, afirmou o parlamentar.

registrado em: