Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Colégio de Dirigentes emite nota sobre auxílios da Assistência Estudantil
conteúdo

Notícias

Colégio de Dirigentes emite nota sobre auxílios da Assistência Estudantil

Documento esclarece atrasos nos pagamentos deste ano

publicado: 30/03/2021 13h18, última modificação: 30/03/2021 22h24

O Colégio de Dirigentes do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) emitiu nesta terça-feira, 30, uma nota de esclarecimento relativa aos atrasos nos pagamentos de auxílios da Assistência Estudantil no ano de 2021. Entre os pontos citados estão a não redução ou desligamento do benefício dos estudantes em situação regular. Confira o documento na íntegra, ou o leia abaixo:

NOTA DE ESCLARECIMENTO AOS/ÀS ESTUDANTES DO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS 

O Colégio de Dirigentes do Instituto Federal de Alagoas -Ifal vem a público esclarecer os motivos para os atrasos nos pagamentos de auxílios da Assistência Estudantil no ano de 2021 e informa que o repasse de créditos orçamentários do Governo Federal para o Ifal a cada mês, não é suficiente para pagar integralmente a folha da Assistência Estudantil de todos os campi e, infelizmente, a Instituição não dispõe de recursos para a complementação. Desta forma, há a necessidade recorrente da adoção de medidas para a minimização dos prejuízos aos/às estudantes:

• Nenhum estudante será desligado da folha de pagamento da Assistência Estudantil, à exceção daqueles/as que descumprir os critérios descritos nos editais, normativos internos e termo de compromisso. Todos/as continuarão recebendo até o final do período letivo para o qual foi selecionado/a;

• Todos/as os/as estudantes receberão integralmente o valor para o qual foi selecionado/a, não haverá redução de nenhum benefício. Para tanto, a cada mês, os campi serão divididos em grupos para recebimento de créditos orçamentários, conforme repasse do Governo Federal;

• A medida em que houver repasse do Governo Federal, os campi receberão créditos orçamentários para o pagamento das folhas de pagamento, em sistema de rodízio, a fim de evitar pagamentos em atraso por dois meses consecutivos no mesmo campus. À exceção do mês de fevereiro, pois houve atraso no pagamento de todos os estudantes;

• No mês de março, os campi Coruripe, Marechal Deodoro, Murici, São Miguel dos Campos e Satuba necessitarão aguardar o recebimento de novo repasse do Governo Federal para pagamento dos auxílios da Assistência Estudantil;

• Com o sistema de rodízio adotado, esperamos que não ocorram novos atrasos no pagamento de todos/as os/as estudantes da Instituição;

• Com a aprovação do orçamento pelo Congresso Nacional, esperamos que haja normalização dos pagamentos. Atualmente, o Ifal beneficia 7.231 estudantes com auxílio permanência e/ou auxílio para inclusão digital, com valores que variam entre R$ 130,00 a R$ 400,00 e R$ 70,00 a R$150,00, respectivamente. O Colégio de Dirigentes lamenta a situação e informa que a Instituição está em contato constante com o Governo Federal, a fim de garantir a resolutividade da situação com a maior brevidade possível.

COLÉGIO DE DIRIGENTES DO IFAL