Você está aqui: Página Inicial > Campus > Site > Penedo Notícias > Napne busca parceria com núcleo que atende pessoas com deficiência em Penedo

Notícias

Napne busca parceria com núcleo que atende pessoas com deficiência em Penedo

Equipe do Ifal Penedo visitou a sede do Nudepe, em atuação no município há cerca de 30 anos.

por Lidiane Neves - jornalista publicado: 21/02/2019 11h48 última modificação: 21/02/2019 12h37

Servidoras que compõem o Núcleo de Atendimento a Pessoas com Necessidades Específicas (Napne) do Ifal Penedo se reuniram com a direção do Núcleo dos Deficientes de Penedo (Nudepe) para articular parcerias. O encontro aconteceu esta semana, na sede do Nudepe, onde a equipe do campus conheceu as instalações e os serviços oferecidos pela entidade criada há cerca de 30 anos.

Conforme explicou a psicóloga Bárbara Guerreiro, atual coordenadora do Napne, o contato com o Nudepe visa à articulação de uma rede intersetorial para atendimento de estudantes do Ifal. “A necessidade de articular essa rede decorre do fato de o Napne não ser um serviço clínico de saúde. Ou seja, nós não fazemos atendimento especializado para fins de diagnóstico ou tratamento de nossos alunos com necessidades específicas”, esclareceu, acrescentando que o Napne existe para atuar no acompanhamento de estudantes com necessidades específicas devidamente diagnosticadas, de modo a tornar mais eficaz seu processo de ensino-aprendizagem no Ifal.

A partir de informações obtidas junto à Coordenação de Registro Acadêmico, Pedagogia e equipe docente do Campus Penedo, o Napne fez um levantamento de alunos que possivelmente demandam acompanhamento do setor vinculado à Assistência Estudantil. “No entanto, alguns casos não têm um diagnóstico concreto e, para que a gente atue de maneira mais eficaz, é imprescindível ter a oficialização do quadro clínico do discente. Daí a importância em se articular com instituições que atendem pessoas com necessidades específicas”, ressaltou a psicóloga do Ifal. Além dela, participaram da visita ao Nudepe as professoras Bruna Dória e Shenia Silva.

Vinculado ao Sistema Único de Saúde (SUS) há 15 anos, o Núcleo dos Deficientes de Penedo atua prestando assistência gratuita nas áreas jurídica (emissão de carteiras, encaminhamento para mercado de trabalho e aposentadoria) e de saúde com foco na educação (fonoaudiologia, fisioterapia, psicologia, psicopedagogia, assistência social, terapia ocupacional e hidroterapia). Segundo o diretor Jorge Emanoel Ferreira, por mês, são registrados cerca de mil atendimentos. O próximo passo da equipe do Napne será conversar com a psicóloga e a psicopedagoga do Nudepe para saber como funciona as etapas de diagnóstico e encaminhamento de pacientes.