Você está aqui: Página Inicial > Campus > Site > Penedo Notícias > Inscrições abertas para 184 vagas em cursos técnicos do Ifal Penedo

Notícias

Inscrições abertas para 184 vagas em cursos técnicos do Ifal Penedo

Candidatos têm até o dia 6 de outubro para se inscrever; venha estudar no Ifal!

por Elaine Rodrigues publicado: 15/09/2019 23h23 última modificação: 15/09/2019 23h23

O Instituto Federal de Alagoas está com inscrições abertas para os editais do Exame de Seleção 2020.1, o processo seletivo para o ingresso nos cursos técnicos integrados ao ensino médio e nos cursos técnicos subsequentes (para quem já terminou o ensino médio). O Campus Penedo oferta 184 vagas para cursos técnicos de Química e Meio Ambiente.

Os candidatos aprovados vão ingressar na instituição no primeiro semestre do ano que vem. Em Penedo, quem vai fazer o ensino médio pode concorrer às vagas para o curso técnico integrado de Química ou Meio Ambiente (matutino ou vespertino). Quem já terminou o ensino médio pode cursar Química no período noturno.

Saiba mais sobre o Exame de Seleção do Ifal!

As inscrições podem ser feitas somente pela internet do dia 6 de setembro ao dia 6 de outubro. Os candidatos devem acessar o site exame.ifal.edu.br para preencher os dados e imprimir a guia com a taxa de inscrição, no valor de R$ 50. É possível também requerer a isenção da taxa de inscrição, basta que o candidato veja no edital se está incluído nos requisitos. Se estiver, precisa fazer a inscrição, preencher o requerimento de isenção da taxa de inscrição e entregá-lo, com os documentos listados no edital, no Campus Penedo, até o dia 27 de setembro.

O curso técnico integrado vai garantir ao estudante o ensino médio regular e a formação profissional e tecnológica escolhida. Depois de finalizado, o estudante garante o certificado de ensino médio e já pode ingressar no mercado de trabalho. Para ingressar nesse tipo de curso, o requisito é que o estudante tenha concluído o ensino fundamental até a data da matrícula na instituição, prevista para o início de 2020.

O curso técnico subsequente é voltado para quem já tem o ensino médio. Assim, o estudante vai ter a formação profissional e tecnológica escolhida e, ao fim do curso, terá o certificado que possibilitará o ingresso no mercado de trabalho. O requisito é que o candidato tenha finalizado o ensino médio até a data da matrícula, prevista para o início de 2020.

A prova para os dois exames está marcada para o dia 24 de novembro.

Os editais estão disponíveis no portal do Exame de Seleção.

Sobre os cursos

Meio Ambiente

Perfil do profissional após a conclusão do curso - Coleta, armazena e interpreta informações, dados e documentações ambientais. Elabora relatórios e estudos ambientais. Propõe medidas para a minimização dos impactos e recuperação de ambientes já degradados. Executa sistemas de gestão ambiental. Organiza programas de Educação ambiental com base no monitoramento, correção e prevenção das atividades autrópicas, conservação dos recursos naturais através de análises prevencionista. Organiza redução, reuso e reciclagem de resíduos e/ou recursos utilizados em processos. Identifica os padrões de produção e consumo de energia. Realiza levantamentos ambientais. Opera sistemas de tratamento de poluentes e resíduos sólidos. Relaciona os sistemas econômicos e suas interações com o meio ambiente. Realiza e coordena o sistema de coleta seletiva. Executa plano de ação e manejo de recursos naturais. Elabora relatório periódico das atividades e modificações dos aspectos e impactos ambientais de um processo, indicando as consequências de modificações.

Campo de atuação - Instituições de assistência técnica, pesquisa e extensão rural. Estações de tratamento de resíduos. Profissional autônomo. Empreendimento próprio. Empresas de licenciamento ambiental. Unidades de conservação ambiental. Cooperativas e associações.

Química

Perfil do profissional após a conclusão do curso - Opera, controla e monitora processos industriais e laboratoriais. Avalia atividades. Controla a qualidade de matérias primas, insumos e produtos. Realiza amostragens, análises químicas, físico-químicas e microbiológicas. Desenvolve produtos e processos. Compra e estoca matérias-primas, insumos e produtos.

Campo de atuação - Indústrias químicas. Laboratórios de controle de qualidade, de certificação de produtos químicos, alimentícios e afins. Laboratórios de ensino, de pesquisa e de desenvolvimento em indústrias ou empresas químicas. Empresas de consultoria, assistência técnica, de comercialização de produtos químicos, farmoquímicos e farmacêuticos. Estações de tratamento de águas e efluentes.

Sobre o Ifal

Atualmente, o Ifal conta com 16 campi distribuídos em 15 municípios de Alagoas. Ao todo, quase 20 mil estudantes recebem aulas presenciais de cursos técnicos, graduações e pós-graduações na instituição. Eles ainda participam de projetos de Ensino, Pesquisa e Extensão que são desenvolvidos nos campi Arapiraca, Batalha, Benedito Bentes, Coruripe, Maceió, Maragogi, Marechal Deodoro, Murici, Palmeira dos Índios, Penedo, Piranhas, Rio Largo, Santana do Ipanema, São Miguel dos Campos, Satuba e Viçosa.

O Ifal integra a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. A instituição é referência em Alagoas com desempenho comprovado pelos resultados dos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), entre outros indicadores.