Você está aqui: Página Inicial > Campus > Site > Penedo Notícias > Ifal dá início às atividades do Pronatec em Penedo

Notícias

Ifal dá início às atividades do Pronatec em Penedo

Aula inaugural para estudantes dos cursos de Auxiliar de Conservação de Acervos e Assistente de Produção Cultural aconteceu na segunda-feira (11).

por Lidiane Neves - jornalista publicado: 12/12/2017 10h26 última modificação: 13/12/2017 16h26

As atividades de mais uma edição do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) no Instituto Federal de Alagoas (Ifal) – Campus Penedo tiveram início, na noite de segunda-feira (11), com a aula inaugural para os 100 estudantes matriculados nos cursos de Auxiliar de Conservação de Acervos e Assistente de Produção Cultural. O evento foi realizado no auditório do campus e contou com a participação de gestores do Pronatec no âmbito do Ifal, professores contratados e representantes da Prefeitura de Penedo, parceira do instituto na oferta dos cursos.

Em sua fala, a coordenadora geral do programa, Rosângela Cerqueira, destacou a importância da capacitação na área de produção cultural para o município. “Penedo é uma cidade turística que dispõe de um conjunto arquitetônico e uma paisagem natural encantadora, o que, sem dúvida, representa um cenário com potencial para o desenvolvimento da cultura. Estamos muito felizes em poder fomentar essa vocação da cidade e esperamos que, ao concluir o curso, vocês tenham condições de trabalhar esse potencial”, ressaltou Rosângela, que participou da aula inaugural acompanhada do coordenador adjunto Maurício Caldas e da supervisora sistêmica do Pronatec no Ifal, Regina Mendes Alves.

Rosângela Cerqueira, coordenadora geral do Pronatec no Ifal.Ao coordenador do programa no Ifal Penedo, Wcleuton Oliveira, coube explicar como funciona o Pronatec e as informações básicas sobre as atividades dos dois cursos ofertados. “A atividade desta noite já conta como aula, mas os conteúdos dos componentes curriculares de cada curso somente serão trabalhados em sala a partir de amanhã [terça-feira,11]”, informou o gestor, que integra a equipe local, juntamente com o supervisor pedagógico, Marcos Fabrício Lopes, e o apoio administrativo, Carlos Braulino Novaes.

Para as turmas de Assistente de Produção Cultural, cuja carga horária é 192 horas, as aulas se estenderão até 18 de março; já para Assistente de Produção Cultural, com 240 horas de formação, até 9 de abril, sempre três vezes por semana (segunda a quinta), das 18h20 às 21h30 e das 18h10 às 22h20, respectivamente. “Embora as atividades sejam predominantemente à noite, o processo de ensino-aprendizagem também inclui a realização de visitas técnicas e estas poderão acontecer em turnos diferentes”, avisou Wcleuton, ressaltando que o objetivo desse tipo de atividade é aproximar o aluno da realidade do mundo do trabalho.

Determinação - Além da fala dos gestores, a aula inaugural contou com a participação da professora Nina Kátia Silver, que já atuou como coordenadora do Pronatec no Campus Penedo. Na ocasião, ela fez uma palestra motivacional para os novos estudantes do programa. “O caminho não é fácil, as dificuldades surgirão, mas é preciso ter a convicção de que vocês estão aqui para ampliar a sua rede de conhecimento. Um dos desafios foi passar pela concorrida seleção e vocês já conquistaram isso. Então aproveitem, pois a vida é feita de oportunidades”, concluiu.

Silvana dos Santos, Maria Celina dos Santos e Cristiano dos Santos, novos estudantes do Pronatec.Com a oferta de cursos de formação inicial e continuada, o Pronatec tem como objetivo promover a oportunidade de formação profissional numa perspectiva cidadã, criando condições para uma melhor inserção das pessoas no mundo do trabalho, favorecendo o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e atitudes capazes de torná-los proficientes no campo específico de atuação.

Foi justamente essa busca por conhecimentos e habilidades que motivou o decorador Cristiano dos Santos, 39 anos. “Trabalho na Secretaria de Cultura do município com a parte de decoração pública e vi no curso de Assistente de Produção Cultural a oportunidade de melhorar minha atuação e, quem sabe, abrir novas portas”, disse Cristiano, que também conseguiu motivar a mulher Maria Celina dos Santos e a cunhada Silvana dos Santos.