Você está aqui: Página Inicial > Campus > Site > Penedo Notícias > Estudantes do Ifal Penedo participam de avaliação de programa internacional

Notícias

Estudantes do Ifal Penedo participam de avaliação de programa internacional

As provas do Pisa aconteceram nessa terça-feira (15), com a participação de 33 alunos do campus.

por Lidiane Neves - jornalista publicado: 16/05/2018 09h56 última modificação: 16/05/2018 09h56

O Instituto Federal de Alagoas (Ifal) – Campus Penedo foi uma das unidades de ensino brasileiras selecionadas para participar da edição 2018 do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes – Pisa (sigla em inglês). As provas aconteceram nessa terça-feira (15), no Laboratório de Informática, com a participação de 33 alunos dos cursos técnicos integrados ao ensino médio, previamente indicados com base no critério de idade.

Coordenado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico, o Pisa – Programme for International Student Assessment – é uma iniciativa de avaliação comparada, aplicada de forma amostral a estudantes matriculados a partir do 7º ano do ensino fundamental na faixa etária dos 15 anos, idade em que se pressupõe o término da escolaridade básica obrigatória na maioria dos países. No Brasil, a coordenação do programa é de responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

As avaliações do Pisa são realizadas a cada três anos, desde 2000, e abrangem três áreas do conhecimento: Leitura, Matemática e Ciências. Na última edição, em 2015, também foram incluídas as áreas de Competência Financeira e Resolução Colaborativa de Problemas. “A cada edição, é dada maior ênfase a uma dessas áreas. Neste ano, o foco é a Leitura”, informou Guto Cruz Nascimento, representante do Inep responsável pela aplicação das provas no Ifal.

Natali Souza, servidora do Campus Penedo, e Guto Nascimento, aplicador do Inep.Além das provas relacionadas às áreas do conhecimento abrangidas pelo Pisa, as avaliações acontecem com base em questionários aplicados aos estudantes, seus responsáveis legais e docentes da instituição de ensino. O objetivo do programa é produzir indicadores que contribuam para a discussão da qualidade da educação nos países participantes, de modo a subsidiar políticas de melhoria do ensino básico.

“É divulgado um ranking por país e por estado, resultado das avaliações aplicadas no conjunto das escolas amostradas”, explica o aplicador do Inep. Segundo ele, em Alagoas, um total de 10 instituições das redes pública e privada foi selecionado para a edição 2018 do Pisa. No Campus Penedo, a responsável local pela condução do processo foi a técnica em assuntos educacionais, Natali Souza. “Essa é a primeira vez que a unidade de ensino participa do programa e tivemos a adesão de 100% dos estudantes selecionados”, finalizou a servidora.

Com informações do site do Inep