Você está aqui: Página Inicial > Campus > Site > Penedo Notícias > Enem 2018: Ifal Penedo se destaca em 1º lugar na região do Baixo São Francisco

Notícias

Enem 2018: Ifal Penedo se destaca em 1º lugar na região do Baixo São Francisco

O desempenho do campus no último Enem ainda o coloca na 5ª posição, dentre as escolas públicas de Alagoas.

por Lidiane Neves - jornalista publicado: 22/06/2018 09h13 última modificação: 22/06/2019 14h20

O Campus Penedo do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) lidera o ranking de escolas da região do Baixo São Francisco, incluindo a rede privada, com o melhor desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018, segundo lista divulgada esta semana pelo jornal Folha de S. Paulo. As médias obtidas pelos estudantes do Ifal Penedo nas provas do último Enem ainda colocam a unidade de ensino na quinta posição, dentre as escolas públicas de todo o estado.

Leia também: Ifal conquista oito das 10 melhores posições entre escolas públicas de Alagoas, no Enem

Para o diretor-geral do Campus Penedo, Felipe Thiago Souza, o desempenho obtido é um dado importante, não por representar o alcance de uma meta estabelecida, mas por refletir naturalmente a qualidade do ensino na instituição. “O Ifal Penedo não está focado em treinar estudantes para obter as melhores médias no Enem. O destaque que nossos alunos alcançam resulta de uma educação pública comprometida com o desenvolvimento integral do cidadão”.

O atual gestor da unidade de ensino ressalta que, além do corpo docente qualificado e das oportunidades que os estudantes têm de envolvimento com projetos de pesquisa, extensão, monitoria e outras ações de socialização de conhecimentos científicos e tecnológicos, a instituição conta com o diferencial de oferecer aos discentes um corpo técnico formado por profissionais de diversas áreas, entre elas, a pedagogia, psicologia, nutrição e serviço social. “Existe todo um suporte para que o aluno desempenhe suas atividades da melhor forma possível e isso, sem dúvidas, impacta na qualidade do processo de ensino-aprendizagem”, concluiu Felipe Thiago.

Critérios para ranking do Enem

A Folha tabulou os resultados do Enem 2018 a partir da base de dados divulgada pelo Ministério da Educação (MEC). O governo deixou de apresentar oficialmente os resultados por escola em 2016. A iniciativa da Folha segue critérios que o MEC adotou em anos anteriores. A lista para consulta considera todas as escolas, a partir dos critérios mínimos de participação no Enem, mas independentemente da quantidade de alunos, ou seja, do porte da escola. A tabulação com os dados do último Exame resultou em uma lista de 11.212 escolas, das quais 51% são privadas e o restante da rede pública (federal, estadual e municipal).

Somente foram incluídos candidatos que não zeraram em nenhuma das provas objetivas e na redação. A média da escola só foi calculada se pelo menos metade dos concluintes estiveram no Enem, respeitada a participação mínima de dez alunos. Só foram computadas as notas dos estudantes com a situação assinalada no Enem 2018 como “Estou cursando e concluirei o ensino médio em 2018”.

CLIQUE AQUI para conferir o desempenho das escolas no Enem 2018.