Você está aqui: Página Inicial > Campus > Site > Palmeira dos Índios Notícias > Ifal Palmeira tem 870 alunos inscritos na OBMEP 2018; prova é realizada nesta terça, 05

Notícias

Ifal Palmeira tem 870 alunos inscritos na OBMEP 2018; prova é realizada nesta terça, 05

por Monique de Sá publicado: 05/06/2018 12h45 última modificação: 05/06/2018 12h45

Foco, dedicação e muito estudo. Ingredientes básicos para quem quer se dar bem numa seleção. Na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) o segredo não poderia ser outro. O Instituto Federal de Alagoas (Ifal) de Palmeira dos Índios é uma das instituições de ensino que participam durante toda esta terça-feira, 05, da competição. São 870 alunos do 1º ao 4º ano do campus que foram inscritos para concorrer na olimpíada.

A coordenação da OBMEP no campus, deste ano, ficou por conta do professor de Matemática, Alberto Rocha. Ele conta que o desafio foi inscrever os alunos da instituição em tempo hábil para participar do processo. “Entrei em contato com o ex-docente do campus Adriano Valeriano, responsável pela realização da olimpíada nos outros anos, para saber acerca dos procedimentos. Inscrevemos nossos alunos e hoje realizamos a prova”, diz.

Durante o início do ano letivo, as turmas dos primeiros anos participaram de um “aulão”, que abordou a importância da participação na OBMEP, de como seria a prova e de todos os benefícios conquistados, através de bons resultados. “Durante este primeiro encontro fizemos um simulado e tivemos alunos que acertaram 16 das 20 questões. A expectativa é que eles possam bater esta meta, ou, quem sabe, fazer ainda mais pontos”, ressalta Alberto.

Os exames têm 2h30 de duração e aborda problemas envolvendo raciocínio lógico e conhecimentos elementares da Matemática. “Trata-se de uma prova desafiadora e instigante, estimulando o aluno a pensar para resolver os problemas, mas, ao mesmo tempo, é uma prova tranquila, então cabe ao participante ter calma”, informa o docente. 

A segunda fase da competição será realizada no dia 15 de setembro, a partir das 14h30 (horário de Brasília). Dentre os objetivos da OBMEP estão o de estimular e promover o estudo da Matemática no Brasil e contribuir para a melhoria da qualidade da educação básica, possibilitando que o maior número de alunos brasileiros possa ter acesso a material didático de qualidade.

Com a palavra: o aluno!

Letícia Pereira, do 3º ano de Informática, é uma das alunas que fez a prova nesta manhã. Segundo ela, o nível foi alto, evolvendo outras disciplinas. “Gostei da prova. Acho que posso ter um bom resultado e ir para a segunda fase. A maioria dos assuntos nós já vimos nos outros anos. O que mais chamou a minha atenção foi a inclusão de questões que envolviam também Filosofia, o que para mim ajudou muito”, detalha.

Felipe Jatobá, do 4º ano de Edificações, também considerou alto o nível da seleção. “Houve questões que estavam mais difíceis, mas que poderiam ser resolvidas através da lógica”, afirma o garoto, que disse ter se preparado para a olimpíada com os assuntos que já vem estudando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).