Você está aqui: Página Inicial > Campus > Site > Palmeira dos Índios Notícias > Alunos do Ifal de Palmeira recebem medalhas em Premiação Geral das Olimpíadas de Química

Notícias

Alunos do Ifal de Palmeira recebem medalhas em Premiação Geral das Olimpíadas de Química

Primeiro e segundo lugares geral na Olimpíada Alagoana de Química foram alcançados pelos alunos Vinícius Gabriel Barros e Elma Marques

por publicado: 14/12/2017 14h39 última modificação: 14/12/2017 14h39

Por: Monique de Sá

Como forma de homenagear e incentivar os alunos no estudo da Química, foi realizada na tarde desta quarta-feira, 13, no auditório da Universidade Tiradentes (Unit), em Maceió, a edição de 2017 da Premiação Geral das Olimpíadas de Química. A ação faz parte do Programa Nacional das Olimpíadas de Química e agracia os estudantes das mais diversas escolas alagoanas. O Instituto Federal de Alagoas (Ifal), campus de Palmeira dos Índios, teve amplo destaque no evento, através de seus alunos.

Segundo o professor Márcio Lopes, o resultado do campus de Palmeira foi o melhor se comparado ao de outras escolas, o que lisonjeia todo o corpo docente do Instituto. Ele ainda explica que a solenidade foi destinada às premiações relativas à Olimpíada Alagoana de Química, Olimpíada Norte/Nordeste e à Brasileira.

“Tivemos o primeiro e o segundo lugares geral na Olimpíada Alagoana de Química, vitórias alcançadas pelos alunos Vinícius Gabriel Barros e Elma Marques, respectivamente. Além de tantos outros reconhecimentos, como a desta aluna que teve sua resposta publicada nos anais da Olimpíada. Sem dúvidas, a equipe de professores do campus ficou bastante lisonjeada com todo este reconhecimento”, disse Márcio.

Orgulhosa por sua conquista, a jovem Elma Marques, 18 anos, do curso de Edificações, diz que seu sentimento é de gratidão. “Sou muito grata aos professores do Instituto, afinal esse prêmio não é somente resultado do meu esforço, mas da dedicação de todos eles. Acho que não só eu, como os outros alunos, estão se sentindo felizes e motivados a continuar com os estudos da Química”, conta.

Já Vitória Lima, de 17 anos, também de Edificações, lembra que a Química já foi um empecilho na vida escolar, mas passou a se dedicar através do incentivo do professor Márcio.

“O professor nos mostrou a importância que é participar de Olimpíadas, ele nos disse que um dia seríamos reconhecidos por isso. Então, estudei muito e agora me sinto muito feliz com esta premiação. Todos nossos professores do Ifal estiveram sempre dispostos a ajudar, tirar nossas dúvidas. Hoje eu digo que a Química é uma das minhas disciplinas preferidas, por isso pretendo continuar participando dessas competições”, destaca Vitória.

Conheça os nomes dos alunos premiados do campus de Palmeira dos Índios