Você está aqui: Página Inicial > Campus > Site > Marechal Deodoro Notícias > Setembro amarelo: combate ao suicídio é tema de debates no Campus Marechal

Notícias

Setembro amarelo: combate ao suicídio é tema de debates no Campus Marechal

Ao longo do mês, atividades envolvem estudantes e servidores na campanha de amor à vida

por Acássia Deliê publicado: 18/09/2019 12h33 última modificação: 18/09/2019 13h31
Exibir carrossel de imagens Juiz Afonso Filho cantou e fez dinâmicas com estudantes

Juiz Afonso Filho cantou e fez dinâmicas com estudantes

Com informações da Agência Senado

Uma pessoa se mata a cada 40 segundos no mundo e 90% dos casos poderiam ser prevenidos, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Mas lidar com o risco de suicídio entre pessoas próximas pode ser difícil. Por isso, durante o mês de setembro, uma série de campanhas ao redor do mundo busca dialogar sobre o tema e prevenir as mortes. No Instituto Federal de Alagoas - Campus Marechal Deodoro, as atividades do Setembro Amarelo se integram à campanha Amor à Vida, que começou com o Agosto Lilás e vai até o Outubro Rosa.

Nesta quarta-feira (18), o juiz Alonso Filho esteve na escola para realizar a oficina "Dupla pra pensar: amor e vida". Entre músicas e dinâmicas, o juiz conversou com estudantes sobre a importância de parar e refletir em momentos de grande sofrimento. Todos os momentos foram traduzidos em Libras (Língua Brasileira de Sinais), para os estudantes surdos da escola, pela intérprete Cristiana dos Anjos.

A campanha Amor à Vida é realizada pelo Departamento de Apoio Acadêmico do Ifal em Marechal Deodoro e conta com suporte de uma equipe de servidoras e servidores qualificados, como assistentes sociais, psicólogas, enfermeiro e técnicos com experiência no atendimento diário a estudantes. A oficina Dupla pra Pensar também foi uma parceria com o Neabi Ayó (Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas do Campus Marechal Deodoro), com participação da professora Ana Lady.

"Nossa mensagem é a seguinte: você não está só. Estamos aqui para te ajudar" - Júlia Furtado, chefe do DAA.

"Estamos aproveitando o Setembro Amarelo para criar essa rede de apoio, principalmente para nossos estudantes", diz Júlia Furtado, chefe do DAA. "Nossa mensagem é a seguinte: você não está só. Estamos aqui para te ajudar. O primeiro passo é entender e admitir que está com problemas. Depois, procure alguém em quem você confia e peça ajuda, venha até nós".

A campanha Amor á Vida debate temas transversais para conscientizar estudantes e orientá-los sobre como proceder em casos de tentativa de suicídio, violência e abusos entre amigos e dentro da própria família. "Tudo isso também está diretamente ligado à permanência e ao êxito dos estudantes na escola. O envolvimento da comunidade acadêmica, de forma integrada, tem sido fundamental para garantir a participação ampla dos alunos", completa Júlia.

As atividades do Setembro Amarelo continuam ao longo do mês e os convites são sempre divulgados no Instagram do Campus Marechal Deodoro (@ifalmarechal).

CVV

O Centro de Valorização da Vida é uma organização não governamental que atua na prevenção do suicídio, oferecendo serviço de escuta e acolhimento há quase 60 anos. Por meio do telefone 188 ou pelo site cvv.org.br, é possível conversar com um voluntário de forma anônima e sigilosa nas 24 horas do dia.

Série de reportagens

Neste mês de setembro, a Rádio Senado produziu uma série de reportagens especiais sobre o tema, que está disponível para download na internet.

Clique aqui e ouça as reportagens.

Equipe de servidoras vestiu amarelo para destacar a campanha