Você está aqui: Página Inicial > Campus > Site > Marechal Deodoro Notícias > Projeto do Campus Marechal quer incentivar cadeia produtiva do bambu em Alagoas

Notícias

Projeto do Campus Marechal quer incentivar cadeia produtiva do bambu em Alagoas

Apresentação no Conac 2018 destaca amplo uso do bambu e impactos ambientais reduzidos

por Acássia Deliê publicado: 26/09/2018 23h26 última modificação: 26/09/2018 23h26
Exibir carrossel de imagens Estudantes de Gestão Ambiental, Vinícius é entusiasta do bambu

Estudantes de Gestão Ambiental, Vinícius é entusiasta do bambu

A ideia inicial era estimular o uso de produtos feitos com a madeira do bambu em uma escola pública. Mas a visão cresceu e, hoje, estudantes do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) em Marechal Deodoro já querem contribuir para consolidar uma cadeia produtiva do bambu em Alagoas. 

Vinícius dos Santos é um desses jovens. Aluno do curso superior em Gestão Ambiental, ele explica que o bambu é conhecido como a planta das 1001 utilidades, por ser uma matéria-prima ideal para diversos fins, desde a confecção de móveis até a produção de energia. Ele mesmo utiliza a madeira para fabricar objetos de decoração artesanais. Tudo isso com baixo impacto ambiental.

Com o projeto de extensão intitulado “Sensibilização e capacitação para o uso do bambu em escola de boas práticas ambientais”, Vinícius levou a discussão sobre o bambu para a escola estadual Rosa da Fonseca, em Marechal Deodoro, onde jovens do Ensino Médio tiveram o primeiro contato com produtos feitos da planta. O projeto é coordenado pelo professor Fabrício Tavares e foi apresentado nesta quarta-feira (26), durante o Conac (Congresso Acadêmico do Ifal), em Maceió.

Com a experiência da ação, a ideia cresceu. "O bambu tem muito potencial, o que falta são políticas públicas de fomento e capacitação de trabalhadores. O nosso maior objetivo agora é contribuir para consolidar a cadeia produtiva do bambu em Alagoas. Afinal, precisamos de novos materiais que sejam eficientes e atendam nossas necessidades, com impacto ambiental reduzido", afirma Vinícius, que já busca parcerias com órgãos como a Prefeitura de Maceió e o Instituto de Meio Ambiente para ampliar o projeto.

Aluno produz objetos a partir da madeira do bambu

Marechal no Conac

O projeto Bambu é um dos 38 levados pelo Campus Marechal Deodoro ao Conac 2018. Nesta quarta-feira (26), também foram apresentados projetos de pesquisa, extensão e atividades culturais de diversos temas e áreas de conhecimento. A programação se estende até quinta-feira (27), pela manhã e pela tarde.

Clique aqui para ver a programação completa do Campus Marechal Deodoro. Também acompanhe a cobertura do evento pelo Instagram da escola (@ifalmarechal). E assista ao vídeo abaixo para saber mais sobre o projeto Bambu.