Você está aqui: Página Inicial > Campus > Site > Marechal Deodoro Notícias > Estudantes do Campus Marechal têm notas destaques e dão dicas a quem vai fazer Enem em 2020

Notícias

Estudantes do Campus Marechal têm notas destaques e dão dicas a quem vai fazer Enem em 2020

Alunos dos cursos técnicos em Guia de Turismo e Meio Ambiente se preparam agora para a vida universitária

por Acássia Deliê publicado: 27/01/2020 17h03 última modificação: 27/01/2020 17h03
Exibir carrossel de imagens Alexandre Lopes: média geral acima de 700 pontos

Alexandre Lopes: média geral acima de 700 pontos

Os estudos para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2019 começaram cedo para os jovens Alexandre Lopes e Larissa Lopes, estudantes do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), Campus Marechal Deodoro. Logo no início do ano passado, eles começaram a se dedicar aos conteúdos que cairiam no teste, numa rotina puxada que incluía estudos nos três turnos e nos fins de semana.

O resultado dos esforços chegou esse mês, com a divulgação das notas do exame: Alexandre alcançou média geral de 716 pontos e 940 pontos na redação; Larissa chegou a 664 pontos na média geral e a 980 na redação, quase a nota máxima.

Larissa Lopes: quase nota máxima na Redação do EnemCom as notas acima da média, os dois aguardam o resultado do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e torcem para entrar na vida universitária. Alexandre, de 18 anos, que está concluindo o curso técnico em Meio Ambiente no Ifal, quer ser médico. Larissa, de 20 anos, concluinte do curso técnico em Guia de Turismo, quer ser arquiteta.

Dicas para o Enem 2020: 
- Rotina diária de estudos;
- Iniciar no começo do ano;
- Prática constante de simulados e redações;
- Revisão de provas anteriores.

Para eles, a educação do Ifal em Marechal Deodoro foi fundamental para o sucesso no Enem. "Me ajudou principalmente na parte de Matemática, em Humanas e também para me manter na minha rotina de estudos, já que eu estava acostumada a estudar muitas horas por dia", conta Larissa. "Em todo o processo, a educação do Ifal me ajudou a ter mais controle e independência sobre o que eu queria fazer e também em como lidar com as adversidades", complementa Alexandre.

E, com a experiência adquirida na prova, ambos agora compartilham práticas para ajudar colegas estudantes que irão fazer o Enem em 2020.

"O que eu recomendaria para quem está se preparando para 2020 seria construir uma estratégia de estudos para ver todos os assuntos em oito meses, de janeiro a agosto, e passar os últimos dois meses revisando aqueles que não assimilou muito bem", orienta Alexandre.

Já Larissa dá outras dicas essenciais para quem quer ingressar na universidade: "Fazer muitos simulados, muitas redações, revisar provas anteriores e não ficar só na teoria".