Você está aqui: Página Inicial > Campus > Site > Maceió Notícias > Programa de Iniciação à Docência tem trabalhos aprovados para evento em Portugal

Notícias

Programa de Iniciação à Docência tem trabalhos aprovados para evento em Portugal

por Gabriela Rodrigues - Jornalista publicado: 09/05/2019 11h12 última modificação: 09/05/2019 11h12
Exibir carrossel de imagens Time de Bolsistas e docentes do Pibid Geografia com trabalho aprovados para o Encontro Luso-brasileiro em Lisboa.

Time de Bolsistas e docentes do Pibid Geografia com trabalho aprovados para o Encontro Luso-brasileiro em Lisboa.

É a primeira vez que a Coordenação de Ciências Humanas e suas Tecnologias (CCHT), do Ifal Maceió recebe bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid). Nesta nova edição do Pibid, estudantes dos cursos de Geografia e Filosofia que atuam no Ifal Maceió tiveram trabalhos aprovados para apresentação no IV Encontro Luso-Brasileiro Trabalho Docente e Formação de Professores, evento organizado pela Universidade de Lisboa e que ocorrerá nos dias de 3 a 5 de junho de 2019 na capital portuguesa.

O Encontro luso-brasileiro é uma iniciativa integrada entre o Instituto de Educação da Universidade de Lisboa e a Universidade Federal de Alagoas e promove o debate e as reflexões sobre o tema “Profissão docente, investigação e sociedade: diálogos múltiplos”.

Para o Encontro Luso-Brasileiro, foram aprovados cinco trabalhos “pibidianos” produzidos pelo grupo do Ifal Maceió. São eles: “Contribuições do Pibid Geografia para a formação do professor-pesquisador”, “O Estudo da população na Geografia Escolar: Uma experiência do Pibid Geografia”, “O Pibid, a prática docente e o uso da música como recurso didático nas aulas de Geografia”, “O uso da reportagem como facilitadora no processo de formação docente em aulas de Geografia”, e “A música como estratégia de ensino-aprendizagem nas aulas de Geografia”.

As propostas aprovadas para o evento internacional são fruto de projetos iniciados no final do ano de 2018 e que tratam questões atuais relacionadas a gênero e ao ensino de Geografia, bem como a formação do professor pesquisador, o uso e o desenvolvimento de trabalhos com recursos didáticos como: jogos, paradidáticos, música etc. As ações que resultaram em projetos do Pibid foram experimentadas em turmas dos 1º, 2º e do 3º anos do ensino técnico integrado do Ifal, e seus resultados foram transformados em artigos submetidos e aprovados para o evento internacional.

O “time” de docentes e alunos do Ifal com trabalhos aprovados para o Encontro Luso-Brasileiro é formado pelos professores-supervisores Denis Rocha Calazans, Joaquim Alexandre Moreira Azevedo e Maria Izabel Correia Silva de Messias e pelos bolsistas Diva Cristina Barbosa Suruagy, Elisandra de Souza Formentin, Gabriel Londres Arlota, Gabriel Paulo Vieira Costa, Gilvanilda Viturino da Silva, Gisleide Santos Martins Botelho, José Aleixo Gomes dos Santos, Juliano Pereira Vilas Boas, Lavínia Cassiano Gama, Leonardo Correia de Araújo, Luana Tavares de Souza, Luís Felipe da Silva Costa, Luiz Gustavo de Lima Patricio, Maria Bianca Alves da Silva, Marta Patrícia Ramos Vasconcelos, Patrícia Conceição Araújo Lima, Shaolin Erik da Silva Santos. Os trabalhos desenvolvidos também tem a coordenação da professora Jacqueline Praxedes de Almeida do curso de Geografia da Universidade Federal de Alagoas – Ufal.

Para o professor Denis Calazans, “o desenvolvimento desses trabalhos e sua apresentação em eventos internacionais representam uma maneira de divulgar a produção científica a partir das ações do PIBID, bem como divulgar o nome do Ifal e suas ações. Do ponto de vista científico, é uma forma de compartilhar experiências e conhecimento com todos aqueles que fazem educação no Brasil e no exterior.”

Além do Encontro Luso-Brasileiro, as “produções pibidianas” do Ifal Maceió foram apresentadas na VI Semana Internacional de Pedagogia (VI SIP), promovida pelo Centro de Educação (CEDU), na Ufal.