Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Campi Batalha, Viçosa e Piranhas recebem novos técnico-administrativos

Notícias

Campi Batalha, Viçosa e Piranhas recebem novos técnico-administrativos

por Jhonathan Pino - jornalista publicado: 19/04/2017 15h04 última modificação: 19/04/2017 15h32

Tomaram posse nesta quarta-feira, 19, quatro assistente-administrativos e uma pedagoga, para atuarem nos Campi Batalha, Viçosa e Piranhas. Eles foram recebidos pelo reitor Sérgio Teixeira, pelo pró-reitor de Pesquisa e Inovação, Carlos Henrique Alves, pela coordenadora de Graduação, Cledilma Costa, além de diretores e representantes dos campi beneficiados. Os gestores notaram uma peculiaridade comum entre os novos servidores: todos são do interior alagoano.

Anthony Vilela, por exemplo, será assistente administrativo do Campus Batalha. Ele é de Estrela de Alagoas, assim como Edifabio Pereira, que assume o mesmo cargo em Batalha, é de Feira Grande. Em Piranhas, tomaram posse no mesmo cargo o conterrâneo Wellton Amorim e Cristovão Bertoldo, de Matriz de Camaragibe. Finalizando a lista, Cláudia Rodrigues, natural de Junqueiro, assumirá o cargo de pedagoga, no Campus Viçosa.

O reitor lembrou que esse quadro de pessoas do interior assumindo vagas em suas próprias regiões foi reflexo da decisão tomada pela gestão de fazer os concursos com a enumeração das vagas específicas à cada campi. Para ele, isso possibilita a fixação dos profissionais nos próprios locais em que nasceram.

"Eu também sou de Cajueiro e sei das dificuldades que era para alguém do interior ser servidor na capital. No entanto, vocês estão entrando numa instituição que sempre recebe bem seus servidores. Após 34 anos como servidor e faltando dois anos para o fim dessa gestão eu tenho o orgulho de ter participado de um projeto único no mundo, que é responsável pela oferta do ensino básico ao mestrado e no futuro, o doutorado. Com a entrada de 300 servidores neste ano, o Ifal se aproxima dos 2 mil servidores, atendendo mais de 23 mil alunos em todas as regiões do Estado", pontuou o reitor.

Cledilma disse que se reconhece na história dos novos servidores. Para ela, que nasceu em Arapiraca, as oportunidades que o Instituto proporciona aos alunos do interior, possibilita o cumprimento da missão do Ifal, de promover o desenvolvimento e a melhoria dos indicadores sociais e da qualidade de vida do alagoano. "Se não fosse o ensino e a educação, eu não teria oportunidade de sair do emprego, na cadeia produtiva do fumo, e estar aqui com vocês, como professora do Ifal. A educação é responsável pela saída das pessoas da miséria e das más condições de vida", declarou a representante da Pró-reitoria de Ensino (Proen).

O administrador Diego Fernandes representou a direção do Campus Piranhas e lembrou que parte dos alunos do Ifal têm condições precárias, mas encontram no Ifal uma fonte para novas perspectivas. "Ali, eles têm um local com salas climatizadas, lanboratórios, acompanhamento pedagógico e um ensino de qualidade", pontuou.

Ele foi seguido pelo diretor do Campus Viçosa, Valdomiro Odilon, que relatou os planos para a nova pedagoga do Instituto. "Eu sou de Viçosa e conheço todas escolas da cidade e apesar de todas as dificuldades, o nosso campus é a melhor escola da região. Sabemos que a melhor educação é aquela que envolve a família. O que nossos estudantes precisam é de orientação, atenção e carinho e a pedagoga têm o papel fundamental de envolver a família para que isso se concretize", enfatizou .

Também na solenidade o Diretor de Gestão de Pessoas, Wagner Fonseca, lembrou que em um momento em que o desemprego atinge dois dígitos, é uma felicidade enorme para o gestor de participar de uma solenidade de posse. "Aproveitamos o momento para convocar vocês para participarem no dia 29 e 30 de maio de um curso de formação e recepção de servidores, que será realizado no Campus Marechal Deodoro. Todos vocês serão liberados e a carga horária servirá para a primeira progressão de vocês", ressaltou.

Além de cursos de capacitação, o Ifal oferta inúmeras possibilidades de qualificação, seja a partir da oferta de parcerias com outras instituições para a oferta de mestrado e doutorado, para os servidores da instituição, seja por meio do custeamento das mensalidades daqueles que estão fazendo pós-graduação em instituições particulares.

registrado em: