Competências da DTI

por admin publicado 19/07/2016 10h15, última modificação 19/07/2016 10h15

São competências da Diretoria de Tecnologia da Informação:

  1. Orientar a aplicação e uso de softwares na Instituição;
  2. Elaborar, desenvolver e orientar a operação dos sistemas de informação na Instituição;
  3. Elaborar projetos e relatórios necessários ao bom funcionamento da área de tecnologia da informação no IFAL;
  4. Propor e acompanhar a implantação de projetos de melhoria de infraestrutura e sistemas relativos à área de tecnologia da informação do IFAL;
  5. Coordenar o desenvolvimento e a atualização tecnológica do Portal do IFAL na internet;
  6. Coordenar e supervisionar a execução da política de tecnologia da informação da Reitoria e dos Campi;
  7. Projetar e manter, em conjunto com as coordenadorias e a Reitoria, o Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI), em consonância com o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI);
  8. Planejar e viabilizar o desenvolvimento dos projetos relacionados ao PDTI;
  9. Identificar novas necessidades da Instituição quanto à Tecnologia da Informação e planejar o desenvolvimento de projetos para o atendimento dessas necessidades em consonância com o PDTI;
  10. Propor políticas de segurança da informação relacionada àrea de TI do IFAL;
  11. Gerenciar os investimentos de Tecnologia da Informação e propor recursos para as ações no IFAL;
  12. Gerenciar pessoas e recursos tecnológicos de Tecnologia da Informação, no âmbito da Reitoria;
  13. Propor a contratação de soluções de Tecnologia da Informação no âmbito do IFAL e controlar a qualidade desses serviços;
  14. Avaliar os riscos nos projetos de Tecnologia da Informação;
  15. Prestar apoio e assessoria aos Campi em assuntos relativos àrea de TI;
  16. Manter intercâmbio com as outras instituições correlatas, objetivando o desenvolvimento de projetos com benefícios comuns.
  17. Revisar, organizar, documentar e publicar os procedimentos relacionados a sua área;
  18. Zelar pelo cumprimento dos objetivos, programas e regulamentos institucionais, da área de TI;
  19. Acompanhar e articular as atividades das unidades organizacionais a si vinculadas;
  20. Cumprir as metas estabelecidas no Plano de Desenvolvimento Institucional;
  21. Propor políticas de desenvolvimento de software no âmbito do IFAL;
  22. Executar outras funções que, por sua natureza, lhe estejam afetas ou lhe tenham sido atribuídas pelo Pró-Reitor.