Você está aqui: Página Inicial > Aluno > Programas > Mulheres Mil

Mulheres Mil

por admin publicado 02/06/2015 17h04, última modificação 02/06/2015 17h05

O Mulheres Mil é uma iniciativa do governo federal, vinculada ao Programa Nacional de acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), com o objetivo de promover a inclusão educacional e produtiva de mulheres em situação de vulnerabilidade econômica e social.

Executado pelos institutos federais de educação, ciência e tecnologia do país, o programa está implantado nos 27 estados brasileiros, possibilitando a mulheres moradoras de comunidades com baixo índice de desenvolvimento humano a elevação da escolaridade e o acesso ao mundo do trabalho, por meio do estímulo ao empreendedorismo, à economia solidária e à empregabilidade.

Histórico

A gestação do projeto teve início em 2005 por meio de uma parceria entre o Instituto Federal do Rio Grande do Norte e os colleges canadenses. Graças aos resultados impactantes, a ação estendeu-se a outros estados brasileiros. De 2007 a 2011, o projeto-piloto foi implementado para atender mulheres desfavorecidas das regiões Norte e Nordeste. E em 21 de julho de 2011, a portaria nº 1.015 do Ministério da Educação instituiu o Programa Nacional Mulheres Mil.

Metodologia

A metodologia adotada no Mulheres Mil utiliza um sistema de três etapas: acesso, permanência e êxito. Em cada um dos módulos, são consolidadas as articulações necessárias para atender as demandas das beneficiárias, do ingresso à conclusão da formação. Esse processo contempla a abordagem de temas transversais como saúde e direitos da mulher, cidadania, elevação da autoestima, inclusão digital, cooperativismo e responsabilidade ambiental.

Para decidir sobre a oferta dos cursos profissionalizantes, são levadas em conta as habilidades das alunas e a vocação da região a ser atendida. A concepção pedagógica do programa prevê ainda o diálogo com saberes não formais e com o conhecimento de mundo trazido pelas próprias educandas.

Como participar

O município interessado em ser executor do programa deverá atender os seguintes critérios:

  1. Estar cadastrado no Pronatec/BSM, por meio da sua Secretaria de Assistência Social;
  2. Acompanhar o cronograma de abertura de pactuação, coordenado pelo Ministério de Educação;
  3. Contactar a Coordenação do Pronatec / Mulheres Mil – Ifal manifestando interesse em aderir ao Programa;
  4. Realizar, com a Coordenação Adjunta do Ifal, a identificação, mapeamento e diagnóstico de territórios a serem beneficiados;
  5. Executar a busca ativa das mulheres nos territórios priorizados; ação que deverá ser realizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social em conjunto com o Ifal;
  6. Efetuar a pré-matrícula no Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec) do MEC - a ferramenta de gestão do Pronatec/BSM – e encaminhar as candidatas aos ofertantes para efetivação da matrícula e demais procedimentos.

As mulheres que desejam ser atendidas pelo programa devem procurar o CRAS ou a equipe sistêmica do Mulheres Mil do Ifal e se informar sobre a disponibilidade de vagas nas Unidades Ofertantes. As candidatas devem possuir mais de 16 anos de idade, estar em situação de extrema pobreza ou em vulnerabilidade e risco social, vítimas de violência física, psicológica, sexual, patrimonial e moral, com escolaridade baixa ou defasada, cadastradas ou em processo de cadastramento no CadÚnico e, preferencialmente, ainda não atendidas pelo Pronatec/BSM.

Já para os profissionais interessados em atuar no programa, os editais são publicados no portal www.ifal.edu.br. Também é possível acompanhar os processos seletivos no endereço sispronatec.ifal.edu.br/selecao.

Atuação no estado 

Mapa 

Projetos

Coral Mulheres Cantoras de Mariangá 

Em atividade desde o primeiro semestre de 2014, o Coral Mulheres Cantoras de Mariangá é formado por alunas e egressas dos cursos de Artesã de Cerâmica, de Biojóias, de Bordado a Mão, Viveirista de Plantas e Flores, Camareira e Meios de Hospedagem, Caseira e Agricultura Orgânica, todos eles desenvolvidos na escola rural da Fazenda Mariangá, unidade remota de Paripueira.

O grupo de aproximadamente 50 mulheres é regido pelo servidor Sérgio Correa. A formação tem por objetivo contribuir para o desenvolvimento emocional e social das envolvidas, promovendo o bem-estar, o aumento da qualidade de vida e os demais benefícios que a aprendizagem musical proporciona.

Contatos

Pronatec / Programa Mulheres Mil – Ifal

Rua Dr. Odilon Vasconcelos, 103, sala 701

Jatiúca – Maceió/AL CEP 57035-660

Telefones: 82 3194-1107 / 8160-8009

E-mail: mulheresmil.ifal@gmail.com

ifalgestaomulheresmil@bol.com.br